Concurso para farmacêutico em Santa Amélia - PR

 prefeitura-santa-amelia-paranaConcurso público com 1 vaga para farmacêutico na Prefeitura de Santa Amélia - PR


CARGO

Quantidade de Vagas

Carga Horária SEMANAL (Horas)

Vencimentos (R$)

Farmacêutico

01

40

2.973,96

 

 Inscrições

A inscrição do candidato deverá ser efetuada via Internet, no endereço www.uenp.edu.br a partir do dia 11/09/2012 até as 18h00 do dia 07/10/2012. A taxa de incrição é de R$ 80,00.

 

Conteúdo programático

Farmacologia Geral: Absorção e Distribuição de Drogas, Farmacocinética, Biotransformação e Excreção de Drogas, Princípios de Ações de Drogas, Fatores que Alteram os Efeitos de Medicamentos. Conceito de biodisponibilidade e bioequivalência. Política Nacional de Medicamentos - Políticas de Saúde e de Medicamentos, Regulamentação e Qualidade, Seleção de Medicamentos, Disponibilidade e Acesso, Educação, Informação e Comunicação, Indústria Farmacêutica e o Papel do Setor Privado, Financiamento e Aspectos Econômicos. Assistência Farmacêutica: Ciclo da Assistência Farmacêutica - produção, seleção, programação, aquisição, armazenamento, distribuição, prescrição, dispensação de medicamentos. Uso Racional de Medicamentos, Assistência Farmacêutica na atenção básica. Assistência Farmacêutica no SUS (Medicamentos disponibilizados, Programas aos quais se destinam - Saúde Mental, Componente Especializado, Hipertensão e Diabetes, Estratégicos, AIDS, etc).Princípios de ética profissional (Resolução n.º 417/2004 do Conselho Federal de Farmácia. Código de Ética da Profissão Farmacêutica). Noções sobre atividades administrativas e gerenciais na assistência farmacêutica e farmácias: Organização, estrutura física, sanitária e legal da Central de Abastecimento Farmacêutico e farmácia(s) municipal(ais). Planejamento de atividades, elaboração de procedimentos, organização, logística e administração de materiais, acompanhamentos físico financeiro, controle de estoque, ponto de ressuprimento, noções sobre gerenciamento de pessoas. Implantação de sistemas de qualidade, acompanhamento e avaliação de processos.Noções gerais da legislação abaixo especificada ou que vier a substituí-la: Política Nacional de Medicamentos (Portaria GM/MS n.º 3.916/1998). Critérios e requisitos para habilitação dos municípios e estados ao incentivo à Assistência Farmacêutica Básica e valores a serem transferidos (Portaria GM n.º 3237/2007). Definição das responsabilidades de cada esfera de gestão em relação a doenças e fármacos, integrando os componentes do bloco da Assistência Farmacêutica (Portaria 2.981/2010, Portaria 4.217/2010 e Portaria 3.439/2010).Revisão da RENAME (Portaria GM/MS nº 1.587, de 03 de setembro de 2002) e suas atualizações.Regulamentação da abertura e funcionamento de estabelecimentos farmacêuticos (Resolução SESA/PR n.º 54/1996). Lei Orgânica da Saúde n.º 8.080/1990 e n.º 8.142/1990.Normas operacionais básicas em saúde e Pacto pela saúde.Financiamento em saúde (Portaria GM/MS 204 de 29/01/2007).Núcleo de Atenção à Saúde da Família (Portaria 154 de 24/01/2008 e Portaria 2.843 de 20/09/2010).Código de Saúde do Estado do Paraná (Lei Estadual PR n.º 13.331/2000, regulamentada pelo Decreto Estadual do Paraná n.º 5.711/2002). Boas Práticas de Distribuição de Medicamentos (Portaria SVS/MS n.º 802/98). Boas Práticas de Fabricação, Armazenamento e Distribuição de Produtos e Artigos Médico-Hospitalares - produtos para a Saúde (Resolução ANVISA RDC n.º 59/00). Regulamento técnico referente ao fracionamento de medicamentos (RDC ANVISA nº 80/2006). Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos (Resolução RDC ANVISA n.º 210/03). Vigilância Sanitária, medicamento genérico, utilização de nomes genéricos em produtos farmacêuticos (Lei n.º 9.787/1999, Resolução RDC ANVISA n.º 84/2002 e Decreto Federal n.º 3.181/1999). Escrituração de medicamentos sujeitos ao controle Especial (Portaria GM/MS 344/98 e Portaria GM/MS 06/99). Importância de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas no SUS. Noções sobre Atenção Farmacêutica (Proposta de Consenso Nacional de Atenção Farmacêutica - OPAS). Noções básicas de Licitação pública (Lei Federal n.º 8.666/93) (cotação, empenho, licitação). Noções Básicas sobre Estudos de Utilização de Medicamentos - EUM. Conceito de Essencialidade de Medicamentos. Orientações da OMS sobre tema. Relação Nacional de Medicamentos Essenciais - RENAME. Administração, estrutura e rotinas de funcionamento em farmácia de manipulação. Formação de custo. Avaliação farmacêutica: prescrição médica e técnica de dispensação farmacêutica.

Centros de Informação de Medicamentos: finalidade e importância.

O SUS e o seu funcionamento.

Análises Clínicas (Farmacêutico-Bioquímico ou Generalista):

Técnicas de pesagem. Sistemas óticos refletores. Microscopia. Propriedades de radiações. Viscosidade e tensão superficial. Métodos de Centrifugação.

Conceitos de população, amostra. Medidas de posição: desvio-padrão e variância. Probabilidade e suas propriedades, distribuição de erros. Interpretação de dados estatísticos. Testes pareados e não-pareados. Estatística paramétrica e não-paramétrica. Princípios da destruição térmica de micro-organismos, desinfetantes e antissépticos. Esterilização química e física. Preservativos antimicrobianos.

Métodos de coleta de sangue, fezes, urina, secreções e outros líquidos biológicos. Coleta de material para pesquisa de fungos. Meios de transporte. Tipos de anticoagulantes. Métodos de armazenamento e manipulação de amostras biológicas. O lixo hospitalar. Parasitas responsáveis pelas endoparasitoses e ectoparasitoses humanas, particularmente as existentes no Brasil. Diagnóstico laboratorial, técnicas e procedimentos laboratoriais aplicados ao diagnóstico das doenças parasitárias de interesse humano. Proteínas plasmáticas. Carboidratos e diabetes. Lipídeos, lipoproteínas, dislipidemias. Ácido úrico, ureia e creatinina. Enzimologia clínica. Função hepática. Função renal. Função cardíaca. Exame parcial de urina. Automação em bioquímica clínica. Erros inatos do metabolismo. Hormônios e suas funções metabólicas. Correlação de resultados de exames bioquímicos com a fisiopatologia.

Bacteriologia clínica: métodos e técnicas de isolamento e identificação. Noções de técnicas e práticas laboratoriais especializadas para diagnóstico bacteriológico nos principais fluidos corpóreos. Principais doenças infecciosas de interesse clínico causadas por bactérias e vírus. Avaliação da toxicidade. Toxicocinética. Toxicodinâmica. Toxicologia ambiental. Toxicologia de alimentos. Aspectos clínicos e laboratoriais da toxicologia de medicamentos e toxicologia ocupacional.

Mecanismos de defesa específicos e inespecíficos na espécie humana. Reações antígeno-anticorpo. Estudo do tipo de reação, fundamento do método e desenvolvimento prático da análise. Avaliação das respostas imunes humoral e celular por meio de métodos sorológicos e de análise de funções celulares. Principais metodologias sorológicas e suas especificidades no diagnóstico de doenças infecciosas, autoimunes, neoplasias e alergias. Técnicas hematológicas básicas. Citologia hematológica. Investigação laboratorial das anemias e leucoses. Investigação laboratorial das doenças hemorrágicas vasculares e plaquetárias. Coagulopatias. Investigação laboratorial das doenças hemorrágicas vasculares e plaquetárias. Coagulopatias. Princípios gerais em imuno-hematologia. Controle de qualidade em laboratório de análises clínicas. Gerenciamento da qualidade, calibração de vidrarias e equipamentos, normas de biossegurança. Desenvolvimento de Procedimentos Operacionais Padrão em análises clínicas. Os diferentes programas de controle de qualidade em laboratórios de análises clínicas. Aplicações das técnicas de genética molecular no diagnóstico das diferentes áreas da clínica médica. DNA recombinante. Engenharia genética. Fusões celulares, hibridomas. Criopreservação. Sistema Único de Saúde no Brasil. O sistema de saúde privado no Brasil. Postos de saúde. Mecanismos de credenciamento de estabelecimentos farmacêuticos. Interpretação das leis que regem o exercício profissional. Princípios de ética profissional. Registro de estabelecimentos farmacêuticos nos órgãos competentes. Principais atividades administrativas no laboratório clínico. Planejamento global. Administração de materiais. Administração da produção. Administração financeira. Administração de pessoal. Controle de desempenho total do planejamento. Lei n.º 8.080 de 19/09/1990 e legislação específica à área de atuação (RDC n.º 302/2005 da ANVISA - Normas Técnicas de Laboratórios de Análises Clínicas). Doenças de notificação compulsória pelos laboratórios de análises clínicas. Legislação sanitária aplicável a Laboratórios de Análises Clínicas.

LÍNGUA PORTUGUESA

TEXTO - compreensão e interpretação. Coesão textual. Linguagem verbal e não verbal. Tipos de discurso. Pontuação. Qualidades da boa linguagem.

GRAMÁTICA - FONOLOGIA - letras e fonemas (classificação), dígrafos, encontros consonantais e vocálicos. Tonicidade. Sílaba e divisão silábica. Ortografia, acentuação gráfica e emprego do hífen. Reforma ortográfica. Prosódia e ortoepia. Iniciais maiúsculas e minúsculas. Uso dos porquês, de há e a, de senão e se não, de onde e aonde. Homônimos e parônimos. MORFOLOGIA - estrutura e processos de formação das palavras. Substantivos, artigos, adjetivos, numerais, pronomes, verbos (conjugação e flexão dos verbos, vozes verbais, correlação entre os tempos, formas nominais). Advérbios, preposições, conjunções e palavras denotativas, interjeições. Conectivos. Flexões das palavras (gênero, número e grau). SINTAXE - frase, oração e período. Análise sintática (termos da oração, orações coordenadas, subordinadas e reduzidas). Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Crase. Colocação pronominal. SEMÂNTICA - significante e significado. Significação das palavras, figuras e vícios de linguagem, sinônimos, antônimos, polissemia, denotação e conotação.

Redação Oficial. Normas de comunicação oficial. Modelos de cartas, ofícios, Relatórios, Correspondências.

 

Atribuições

 

Faz a manipulação de insumos farmacêuticos, como medição, pesagem e mistura, utilizando instrumentos especiais e fórmulas químicas para atender à produção de remédios.

Controla entorpecentes e produtos equiparados, anotando sua venda em mapas, livros, segundo os receituários devidamente preenchidos, para atender aos dispositivos legais. Faz análises clinicas de sangue, urina, fezes saliva e outros, valendo-se de diversas técnicas específica, para complementar o diagnóstico de doenças.

Efetue análise bromatológica de alimentos, valendo-se de métodos, para garantir o controle de qualidade, pureza, conservação e homogeneidade, com vistas ao resguardo da saúde pública.

Fiscaliza farmácias, drogarias e indústrias químico - farmacêutico, quanto ao aspecto sanitário, fazendo visitas periódicas e autuando os infratores se necessários, para orienta seus responsáveis no cumprimento de legislação vigente.

Assessora autoridades superiores, preparando informes e documentos sobre legislação e assistência farmacêutica, a fim de fornecer subsídios para elaboração de ordens de serviços, portarias, pareceres e manifestos.

Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

ESPECIFICAÇÕES;

Escolaridade;

Experiência: comprovada, de um ano.

Iniciativa/complexidade executa tarefas que exigem conhecimentos técnicos e especializados.

Esforço Físico: permanece a maior parte do tempo em pé.

Esforço Mental: atenção e raciocínio constantes.

Esforço Visual: constante.

Responsabilidade/ Dados Confidenciais: normal.

Responsabilidade/Patrimônio: pelos recursos e equipamentos de custo elevado. Responsabilidade/supervisão: coordena e supervisiona equipes de trabalho. Responsabilidade/segurança: de Terceiros: total, pela manipulação de fórmulas.

Ambiente de trabalho: inadequado, devido ao cheiro dos produtos químicos; corre risco pela manipulação de produtos corrosivos e insalubres.