Concurso para Farmacêutico em Balneário Camboriú - SC

concurso-farmaceutico-balneario-camboriuConcurso público para Farmacêutico na Prefeitura de Balneário Camboriú - Santa Catarina


Cargo: Farmacêutico

Vagas: 03

Carga Horária: 40 horas

Salário: R$ 3.838,50

Requisitos: Graduação em Farmácia e registro no competente conselho profissional.

 

Inscrições:

as inscrições devem ser realizadas até 13 de agosto pelo site http://balneariosaude.fepese.org.br, mediante pagamento da taxa correspondente à vaga desejada, de R$ 40,00 à R$ 120,00.

 

Missão FARMACÊUTICO:

Realizar atribuições pertinentes ao farmacêutico, como coordenação, supervisão e execução de atividades relacionadas a assistência farmacêutica, desenvolvendo pesquisas e programas, bem como, promovendo eventos de controle epidemiológico que dizem respeito à saúde pública.

 

Responsabilidades:

a) Participar da elaboração da Política de Medicamentos e de Assistência Farmacêutica (AF) do Município em concordância com o Plano Municipal de Saúde e a Política Nacional de Medicamentos.

b) Organizar e estruturar os serviços de AF a nível municipal.

c) Assessorar as atividades de seleção, armazenamento, aquisição e distribuição de medicamentos.

d) Coordenar as atividades de gerenciamento dos medicamentos, de acordo com as boas práticas estabelecidas para a área.

e) Estruturar a farmácia do Município e registrá-la no Conselho Regional de Farmácia da jurisdição, de acordo com as normas e aspectos legais vigentes.

f) Articular a integração com outros serviços e programas oferecidos.

g) Notificar desvios de qualidade e reações adversas a medicamentos aos profissionais de saúde e órgãos competentes.

h) Avaliar as prescrições quanto à indicação, posologia, contra-indicação, interação medicamentosa e duração do tratamento, a fim de orientar o paciente quanto ao uso e armazenamento corretos dos medicamentos.

i) Manter os medicamentos sujeitos a controle especial sob sua guarda, bem como registrar a movimentação dos mesmos conforme Portaria 344/98.

j) Emitir e apresentar oficialmente relatórios com as necessidades do local de trabalho - físicas, estruturais, administrativas, de recursos humanos, etc. - ao Gestor dos Serviços.

k) Promover o uso racional de medicamentos.

l) Prestar AF aos pacientes, permitindo que o usuário tenha acesso às informações pertinentes ao seu tratamento, visando melhorar e ampliar a adesão a este, bem como evitar o uso inadequado ou irracional de medicamentos.

m) Racionalização e normatização de todos os processos envolvidos à AF, desde a programação até a dispensação de medicamentos.

n) Garantir a segurança, eficácia e qualidade dos medicamentos, fundamentada no cumprimento da regulamentação sanitária.

o) Orientar e garantir ao paciente o acesso ao tratamento.

p) Participar ativamente no processo de padronização de medicamentos e orientar a comissão de licitação sobre características técnicas dos mesmos, visando atender a necessidade da população e a qualidade dos medicamentos.

q) Auxiliar na elaboração do Plano Municipal de Política de Medicamentos e Assistência Farmacêutica, em parceria com outros profissionais, buscando subsídios na bibliografia disponível, visando efetivar a formulação de uma política de Assistência Farmacêutica e a implantação de ações capazes de promover a melhoria das condições de assistência à saúde.

r) Elaborar relatórios com informações, dados estatísticos e indicadores da área, visando fornecer subsídios para decisões de correções de políticas ou procedimentos de sua área de atuação.

s) Manter atualizados os indicadores e informações pertinentes à área de atuação, observando os procedimentos internos e legislação aplicável, visando a adequada e imediata disponibilidade dos mesmos.

t) Atender aos servidores, pessoalmente ou por telefone, visando esclarecer dúvidas, receber solicitações, bem como buscar soluções para eventuais transtornos.

u) Zelar pela limpeza, organização e disciplina de seu local de trabalho.

v) Atuar de acordo com princípios de qualidade e ética, visando o constante alinhamento ao planejamento estratégico do município.

w) Executar outras tarefas correlatas às acima descritas, a critério de seu superior imediato e/ou conforme demanda.

 

Conteúdo da Prova

 

Conhecimento Específico para Farmacêutico

Organização de almoxarifados, avaliação da área física e condições adequadas de armazenamento. Controle de estoques de medicamentos e material de consumo. Padronização dos itens de consumo. Sistema de dispensação de medicamentos e materiais de consumo. Sistema de distribuição de medicamentos. Farmacologia. Assistência Farmacêutica. Política de medicamentos. Legislação Farmacêutica. Educação em saúde - noções básicas. Estrutura física e organizacional e funções da farmácia. Seleção de medicamentos, germicidas e correlatos. Programação e estimativas de necessidade de medicamento. Farmacologia clínica e terapêutica. Serviços/centros de informação de medicamentos. Farmacovigilância e farmacoepidemiologia. Farmacotécnica e Tecnologia Farmacêutica. Misturas intravenosas, nutrição parenteral e manipulação de citostáticos. Controle de qualidade dos produtos farmacêuticos - métodos físicos, químicos, físico-químicos, biológicos e microbiológicos. Boas práticas de fabricação de produtos farmacêuticos. Conhecimentos gerais sobre material médico-hospitalar.

 

CONHECIMENTOS GERAIS

LÍNGUA PORTUGUESA: Fonética (acentuação tônica e gráfica). Sintaxe (análise sintática, funções sintáticas, termos da oração: essenciais, integrantes e acessórios). Orações coordenadas. Orações subordinadas substantivas, adjetivas e adverbiais. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Predicação verbal. Crase. Colocação pronominal. Semântica: Significação das palavras no contexto. Homônimas, parônimas, antônimas, sinônimas, monossemia e polissemia. Sentido denotativo e conotativo (figurado). Pontuação gráfica. Vícios de linguagem. Redação Oficial.

 

TEMAS ATUAIS: Análise de assuntos relevantes e atuais de áreas do conhecimento, tais como: política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, saúde, relações internacionais, desenvolvimento sustentável, responsabilidade socioambiental, segurança e ecologia, e suas vinculações históricas.

 

CONHECIMENTOS GERAIS DE SAÚDE PÚBLICA: Lei Orgânica da Saúde - Lei nº 8080/90 e nº 8142/90; Relações Humanas e Interdisciplinaridade; ética profissional; acolhimento; e humanização do serviço; Princípios Gerais de Organização do SUS e diretrizes; financiamento; controle social; indicadores de saúde; o Sistema Municipal de Saúde; papel dos gestores federal, estadual e municipal de saúde; Legislação Federal em saúde; Políticas de Saúde no Brasil e os Modelos Assistenciais, Conferências Nacionais, Estaduais e Municipais de Saúde; ética e legislação profissional.