Deveres do Médico e do Dentista



1. Discutir claramente o tratamento com o paciente e receitar um medicamento de modo a garantir que o paciente vai tomá-lo;

2. Não receitar medicamentos a não ser que tenham a máxima eficácia ou que ainda não tenham segurança bem estabelecida;

3. Quando existirem medicamentos semelhantes quanto a eficácia, segurança e conveniência, receitar o mais barato;

4. Receitar visando o uso por um período o mais curto possível, de acordo com as condições clínicas;

5. Receitar sempre usando o nome genérico;

6. Avaliar o que foi receitado.