Anvisa suspende cosméticos sem registros e determina apreensão de cosméticos falsificados

cosmeticos


Cosméticos falsificados

A Anvisa determinou a apreensão e inutilização dos lotes 01200513, 01700512 do Beauty Hair Redutor Potencializado e Beauty Hair Marroquina Regenerador Força e Brilho Step.

A empresa detentora do registro desses produtos, a Luso I Comércio e Indústria de Cosméticos Ltda, não produziu os lotes e identificou a falsificação das mercadorias.  

A medida está na Resolução nº 1633/2015

 

Cosméticos sem registro

A Anvisa determinou a suspensão, comercialização e  uso de  Make Over Profissional - 2 - D'Pantenol e Queratina fabricado pela empresa Indústria e Comércio de Cosméticos Straight Hair Ltda. O produto não possui registro na Agência.

A medida está na Resolução nº 1.572 /2015, publicada nesta sexta-feira (29/5) no Diário Oficial da União (DOU)

A Agência também determinou que o site www.glukdermsp.com.br pare de divulgar e comercializar toda linha Glukderm. Os produtos, que não tem registro na Agência, alegam tratar psoríase, úlceras e queimação.

A medida está na Resolução nº 1.579 /2015, publicada nesta sexta-feira (29/5) no Diário Oficial da União (DOU).

 

Lote de álcool da empresa Start é interditado cautelarmente

A Anvisa determinou  a interdição cautelar do lote L:397182 do álcool Etílico Hidratado 70° INPM da marca Start. O produto, que é comercializado na embalagemde um litro, é produzido pela empresa Lima & Pergher Ind.Com.e Rep. Ltda.

O lote foi interditado após Laudo de Análise Fiscal emitido pela Fundação Ezequiel Dias (Funed) revela resultado insatisfatório nos ensaios de aspecto e deanálise de rotulagem.

A medida, que vale por 90 dias, está na Resolução nº 1.570/2015

 

Fonte: Anvisa