Anvisa suspende e determina interdição cautelar de lotes de Cefalexina

cefalexina teuto


Lotes supensos

A Anvisa determinou a suspensão, distribuição, comercialização e uso dos lotes 3225124, 3225133 - com validade até outubro de 2015 - e do lote 3225246 - com validade até junho de 2016 - do medicamento Cefalexina 500mg comprimidos genéricos fabricados pelo Laboratório Teuto Brasileiro S/A.

A decisão ocorreu após o Laudo de Análise Fiscal, emitido pelo Instituto Adolfo Lutz, confirmar o resultado insatisfatório nas análises iniciais dos ensaios de aspecto e descrição da amostra para os lotes citados. Com a decisão, a empresa deve promover o recolhimento do estoque existente no mercado.

Interdição cautelar

A Anvisa determinou a interdição cautelar de dois lotes do medicamentoCefalexina 500mg comprimidos fabricados por Laboratório Teuto Brasileiro SA.

Considerando o Laudo de Análise Fiscal emitido pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), os lotes do medicamento Cefalexina 500 mg, comprimidos apresentaram resultados insatisfatórios nos ensaios de aspecto e de friabilidade para os lotes 3225197, com validade até março de 2016 e 3225139, medicamento genérico, com validade até novembro de 2015 respectivamente.

A interdição cautelar é uma medida preventiva e temporária que vigorará pelo prazo de 90 dias. Enquanto a Anvisa aguarda o relatório final é sugerido aos consumidores que procurem um médico para avaliar a melhor forma de interromper ou substituir tratamento.

 

Fonte: Anvisa