Concurso para Fiscal Farmacêutico no CRF-SC

Concurso CRF-SCVagas para fiscal farmacêutico no concurso público para o CRF –SC.


Inscrições até 05 de outubro de 2012.

 

.

Confira o quadro de vagas para farmacêuticos

CÓDIGO

EMPREGO

LOTAÇÃO

VAGAS

SALÁRIO

JORNADA SEMANAL

1050

FARMACÊUTICO

FLORIANÓPOLIS

RT

R$ 2.747,38

40 h

1064

FISCAL FARMACÊUTICO

BLUMENAU

RT

R$ 3.542,47

40 h

1078

FISCAL FARMACÊUTICO

CAÇADOR

01

R$ 3.542,47

40 h

1081

FISCAL FARMACÊUTICO

CHAPECÓ

RT

R$ 3.542,47

40 h

1095

FISCAL FARMACÊUTICO

CRICIÚMA

RT

R$ 3.542,47

40 h

1105

FISCAL FARMACÊUTICO

FLORIANÓPOLIS

RT

R$ 3.542,47

40 h

1119

FISCAL FARMACÊUTICO

JOINVILLE

RT

R$ 3.542,47

40 h

1122

FISCAL FARMACÊUTICO

LAGES

RT

R$ 3.542,47

40 h

 * para todos os cargos acima é necessário superior completo em farmácia e registro no CRF-SC, para os cargos de Fiscal Farmacêutico é necessário possuir CNH B.

 

DAS INSCRIÇÕES

As inscrições são online, através do site www.crfsc.ieses.org  no período de segunda-feira, 3 de setembro de 2012 a sexta-feira, 5 de outubro de 2012 com taxa de R$ 75,00.

 

Atribuições do emprego

FARMACÊUTICO

SUMÁRIO: Participação no planejamento, organização e controle dos serviços da Fiscalização do CRF/SC.

DESCRIÇÃO DO CARGO:

- Zelar pelo funcionamento e conservação dos equipamentos que utiliza;

- Analisar e informar, tecnicamente, as comissões, presidência e diretoria nos casos de registro de empresas e profissionais, autos de infração, denúncias, consultas e outros assuntos correlatos;

- Atender empresas, profissionais e o público em geral, prestando informações e solucionando problemas rotineiros;

- Emitir pareceres, laudos, informações e relatórios técnicos;

- Propor e acompanhar novos procedimentos para aperfeiçoar a ação de fiscalização e do cadastro do CRF;

- Prestar informações nos processos de fiscalização e preparação inicial dos mesmos;

- Providenciar relatórios estatísticos do serviço de fiscalização;

- Supervisionar e orientar profissionais em sua área de atuação;

- Assessorar a diretoria e conselheiros do CRF/SC, nos assuntos de ordem farmacêutica.

 

FISCAL FARMACÊUTICO

SUMÁRIO: Executar as atividades pertinentes aos serviços de fiscalização da profissão farmacêutica.

DESCRIÇÃO DO CARGO:

- Zelar pelo funcionamento e conservação dos equipamentos que utiliza;

- Analisar e informar, tecnicamente, as comissões, presidência e diretoria nos casos de registro de empresas e profissionais, autos de infração, denúncias, consultas e outros assuntos correlatos;

- Realizar visitas de fiscalização a empresas e órgãos públicos localizados na jurisdição do CRF, de conformidade com o programa de fiscalização estabelecido;

- Emitir pareceres, laudos, informações e relatórios técnicos;

- Propor e acompanhar novos procedimentos para aperfeiçoar a ação de fiscalização e do cadastro do CRF;

- Elaborar relatórios mensais com os elementos estatísticos do regional.

- Prestar informações nos processos de fiscalização e preparação inicial dos mesmos;

- Controlar os autos de infração e demais processos de fiscalização;

- Organizar e atualizar boletim de infrações referentes a profissionais e pessoas jurídicas;

- Providenciar relatórios estatísticos do serviço de fiscalização;

 

Conteúdo Programático

Legislação Profissional Farmacêutica e Sanitária - 08 (oito) questões

Constituição Federal; Leis Federais nºs: 3.820/60; 4.320/64, 5.869/73; 5.991/73; 6.360/76; 6.480/77; 6.830/80, 6.839/80; 8.078/90; 8.080/90, 8.142/90, 8.443/92, 8.666/93; 8.906/94, 9.099/95, 9.120/95; 9.294/96; 9.307/96; 9.695/98; 9.782/99, 9.784/99, 9.787/99; 9.854/99, 9.961/00, 10.352/01, 10.357/0, 10358/01; 10.406/02, com prioridade aos artigos 944 a 951, 10.259/2001, 10.520/02, 10.702/2003, 11.187/05; 11.232/05; 11.382/06; 11.343/2006; 11.419/2006 e 11.694/08; Lei Complementar 35/79, 73/93, 75/93, 95/98, 101/2000; Decreto-Lei nº 200/67, 968/69; 2.848/40 (artigos 268 e 282) - Código Penal. Decretos Federais nº s: 20.377/31; 20.931/32; 74.170/74; 79.094/77; 85.878/81; 1.070/94; 3.181/99; 3.693/00; 3.784/01; 5.775/06; 5.450/2005; Medida Provisória nº 2.190-34 de 23/08/01 - artigo 11. Portarias do Ministério da Saúde nº 344/98 e atualizações: 801/98; 802/98; 1.052/98; 185/99. Resoluções da ANVISA: 329/99; RDC 320/02; RDC 138/03; RDC 199/04; RDC 306/04; RDC 80/06. RDC 27/2007; RDC 96/08; RDC 44/2009 e suas IN 09 e 10; RDC 47/09; RDC 59/09; RDC 60/09; RDC 02/2010; Sistema Único de Saúde - SUS: Lei nº 8.080 de 19/09/90; Lei nº 8.142 de 28/12/90. Resoluções do Conselho Federal de Farmácia, principalmente: 258/94; 288/96; 292/96; 293/96; 296/96; 349/00; 357/01; 365/01 387/02; 415/04; 416/04; 417/04; 418/04; 433/05; 437/05; 440/05; 442/05;461/2007; 462/07; 492/08; 499/09; 505/09; 530/10; 532/10; 554/11; 556/11; 560/12.

 

FARMACÊUTICO - 10 (dez) questões:

Legislação farmacêutica e Política Nacional de Medicamentos. Legislação aplicável à área: Lei 5991/73; Lei 3820/60; Lei 9787/99; Portaria 3916; Portaria 344/98. Farmacologia: anti-inflamatório; antimicrobianos; antiparasitários; hipotensores. Princípios Básicos: Farmacocinética: dinâmica da absorção, distribuição e eliminação dos fármacos, Farmacodinâmica: mecanismos de ação dos fármacos e a relação entre sua concentração e seu efeito, princípios da terapêutica, biotransformação de drogas. Fármacos Autômicos: drogas ativadoras dos receptores colinérgicos e inibidoras da colinesterase, drogas bloqueadoras dos receptores colinérgicos, drogas ativadoras dos receptores adrenérgicos e outras drogas simpatomiméticas, drogas bloqueadoras dos receptores adrenérgicos. Fármacos que Atuam no Sistema Nervoso Central: neurotransmissão e o sistema nervoso central, drogas sedativo-hipnóticas, os álcoois, drogas antiepiléticas, anestésicos gerais e locais, relaxantes musculares, tratamento farmacológico do Parkinsonismo e outros distúrbios do movimento, drogas antipsicóticas e lítio, drogas antidepressivas, analgésicos e antagonistas opióides, abuso de drogas. Fármacos utilizados no tratamento de doenças do sangue, inflamação e gota: agentes utilizados nas anemias, drogas utilizadas nos distúrbios da coagulação, drogas utilizadas na hiperlipidemia, anti-inflamatórios não-esteroides, analgésicos não opióides, drogas utilizadas na gota. Fármacos que afetam as funções renal e cardiovascular: diuréticos, vasopressina e outros agentes que afetam a conservação renal da água, renina e angiotensina, drogas utilizadas no tratamento de isquemia miocárdica, drogas anti-hipertensivas, tratamento farmacológico da insuficiência cardíaca, fármacos antiarrítmicos, drogas utilizadas no tratamento das hiperlipoproteinemias. Agentes Quimioterápicos: princípios de ação dos antimicrobianos, penicilinas e cefalosporinas, cloranfenicol e tetraciclinas, aminoglicosídios e polimixinas, agentes antimicobacterianos, sulfonamidas e trimetoprima, agentes antifúngicos, quimioterapia e profilaxia antivirais, antissépticos urinários, desinfetantes e antissépticos, uso clínico dos antimicrobianos, quimioterapia antiparasitária, fármacos antiprotozoários, anti-helmínticos, quimioterapia do câncer, imunofarmacologia. Toxicologia: toxicologia ocupacional e ambiental, quelantes e intoxicações por metais pesados, tratamento de envenenamento. Vitaminas: hidrossolúveis e lipossolúveis. Tópicos Especiais: farmacologia perinatal e pediátrica, farmacologia geriátrica, farmacologia dermatológica, farmacologia oftalmológica, fármacos utilizados nas doenças gastrintestinais, potencial terapêutico e tóxico de medicamentos adquiridos sem prescrição médica, interações importantes entre fármacos, planejamento e otimização dos esquemas posológicos, dados farmacocinéticos.

FISCAL FARMACÊUTICO - 10 (dez) questões:

Legislação: Decreto Lei Nº 2.848/40 (Código Penal, Artigos 273 e 282). Noções sobre o Sistema Único de Saúde (SUS): Código Nacional de Trânsito (Lei Nº 9.503/97 - Capítulos XV, XVI e XIX). Lei Nº 8.137/90. E todas as atualizações ou substituições das legislações aqui citadas. Atualidades sobre a Área Farmacêutica (Política de Saúde, Política de Medicamentos e Assistência Farmacêutica); Declaração de Nuremberg, de Helsinque, Declaração Universal dos Direitos do Homem. Conhecimento básico em mecânica e funcionamento de automóvel. Atendimento ao público. Administração de tempo. Planejamento de atividades. Ética e sigilo profissional. Leis Federais: Nº 6.437/77; Nº 6.681/79; Nº 9.965/00; Nº 11.951/09. Resoluções do Ministério da Saúde/ANVISA: RDC 302/05; RDC 36/01; RDC 67/07; RDC 16/07; RDC 51/07 e RDC 53/07. Resolução do Ministério do Meio Ambiente: Res 358/05 - CONAMA. Resoluções do Conselho Federal de Farmácia, principalmente: 258/94; 288/96; 292/96; 293/96; 296/96; 349/00; 357/01; 365/01 387/02; 415/04; 416/04; 417/04; 418/04; 433/05; 437/05; 440/05; 442/05;461/2007; 462/07; 492/08; 499/09; 505/09; 530/10; 532/10; 554/11; 556/11; 560/12.