Farmácia do Paraná recebe prêmio por inovação em assistência farmacêutica

farmacia parana


A Farmácia do Paraná da 2ª Regional de Saúde, localizada em Curitiba, foi premiada nesta quinta-feira (25) durante a I Mostra Estadual de Experiências Exitosas, promovida pelo Conselho Regional de Farmácia (CRF-PR). A unidade foi homenageada devido ao projeto que garante consulta farmacêutica a todos os usuários no momento da primeira retirada de medicamento.

A iniciativa permite que o paciente tenha acesso a todas as informações necessárias sobre a armazenagem, conservação e administração dos medicamentos, possibilitando uma maior segurança e eficácia do tratamento. Nesta consulta, o profissional farmacêutico tira dúvidas do paciente e alerta sobre os possíveis efeitos colaterais do produto entregue.

A coordenadora da Farmácia da 2ª Regional de Saúde, Kelly Cristiane Gusso Braga, que inscreveu o projeto na mostra em conjunto com a farmacêutica Rosangela de Lima Pugliese, afirma que hoje pelo menos nove em cada dez usuários passam pela consulta já na primeira retirada. “Desta forma, podemos orientar melhor o paciente e cumprir o verdadeiro papel da assistência farmacêutica. Isso tem impacto direto no sucesso do tratamento e na melhoria da qualidade de vida deste cidadão”, afirmou.

PACIENTES - Atualmente, a unidade de Curitiba conta com 25 mil pacientes que retiram medicamentos periodicamente de forma gratuita. São pelo menos 700 novos usuários cadastrados por mês. Uma delas é a dona de casa Eliane Pinheiro Lima, que a partir desta semana começou a receber dois tipos de medicamentos indicados para o tratamento da artrite.

Ela afirma que descobriu a doença há quase um ano e tinha que arcar com os custos do tratamento. “Quando descobri que podia ter acesso a tudo de graça já dei entrada no processo e felizmente hoje estou aqui”, comemorou a usuária, que também aprovou a consulta farmacêutica realizada na unidade.

“Tomava estes remédios há um bom tempo, mas não sabia que ele tinha efeitos colaterais e uma série de outras recomendações. Por isso, acho importante que esse tipo de consulta continue para que todos possam conhecer um pouco mais do seu tratamento”, completou Eliane.

Com a implantação da consulta, a farmácia constatou uma redução significativa no número de medicamentos devolvidos por má conservação ou uso incorreto. Também houve uma queda na taxa de abandono dos tratamentos e no registro de reclamações.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, a intenção agora é expandir essa experiência da 2ª Regional de Saúde para todas as regiões do Estado. “Temos avançado como nunca na área de assistência farmacêutica, sobretudo com a criação do programa Farmácia do Paraná. Metade das nossas 22 unidades regionais já foi reestruturada e hoje contam com consultórios farmacêuticos adequados para que os profissionais desenvolvam esse trabalho de orientação aos usuários”.

NOVA SEDE – Caputo Neto, que também é farmacêutico, informou ainda que, nos próximos meses, a própria Farmácia do Paraná da 2ª Regional deve ganhar novas instalações. “Vamos transferi-la para um local mais amplo, com toda estrutura necessária para oferecer um atendimento ainda mais qualificado aos pacientes. Com certeza, será uma das maiores e melhores farmácias públicas do país”, ressaltou.

A nova sede ficará no Centro de Curitiba, na Rua Marechal Floriano Peixoto, quase esquina com a Marechal Deodoro. O espaço foi inteiramente reformado e planejado para dar mais conforto aos mais de 1,2 mil pessoas que passam pela farmácia diariamente.

SIMPÓSIO – Durante a abertura do II Simpósio Paranaense de Assistência Farmacêutica, em que a mostra de experiências exitosas está inserida, o presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF-PR), Arnaldo Zubioli, também destacou a importância de se compartilhar iniciativas que estão dando certo.

“Vivemos um momento de mudanças no cenário da assistência farmacêutica brasileira. Estamos buscando maior valorização dos farmacêuticos no setor público e por isso é essencial que experiências de sucesso sejam destacadas e disseminadas”, disse.

Ao todo, cerca de 100 pessoas participam presencialmente do simpósio, que acontece até esta sexta-feira (26) na sede do CRF-PR, na Capital. O evento também pode ser acompanhado em tempo real pelo site do Conselho.

Além da mostra de experiências, a programação conta ainda com mesas-redondas e debates sobre os desafios da assistência farmacêutica no âmbito estadual e nacional.

 

Fonte: Secretaria da Comunicação Social
Foto: Venilton Küchler/SESA