Curativo inteligente libera medicamento conforme necessidade

curativo libera medicamento


Cientistas americanos estão desenvolvendo um tipo de curativo inteligente, capaz de liberar a medicação na hora e na quantidade exata que o paciente necessita. O estudo é uma parceria entre o Massachusetts Institute of Technology (MIT) e a Universidade de Harvard.

A ideia do projeto é tornar mais baratos os tratamentos médicos. O curativo é capaz monitorar em tempo real a ferida do paciente. “Colocamos sensores no curativo que monitoram temperatura, pH e oxigênio da ferida e interferem se algo estiver errado”, diz Mehmet Dokmeci, da Faculdade de Medicina da Universidade e Harvard.

Além dos sensores de monitoramento, o curativo tem na parte de trás partículas que armazenam o remédio e um tipo de aquecedor. Quando o curativo detecta a hora de liberar a medicação, ele aquece e as partículas encolhem, soltando o remédio diretamente na ferida.

O curativo também envia sinais remotos para o médico do paciente, que, dependendo das informações recebidas, pode apertar um botão para liberar mais remédio.

Os envolvidos no estudo acreditam que o uso do dispositivo pode reduzir a troca constante de curativos, o que diminuirá a chance de infecção da ferida. A equipe acredita que com mais financiamento, uma versão comercial do curativo inteligente poderá ser lançada em até dois anos.

 

Com informações da BBC

Imagem: Foto Divulgação