CFF publica nota de apoio a RDC 44/2010

No dia 28/10 mesmo dia da publicação que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, hoje a Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 44/10, que dispõe sobre o controle de antimicrobianos o Conselho Federal de Farmácia (CFF) publicou nota de apoio a nova resolução.


O Presidente do CFF, Jaldo de Souza Santos, aposta na medida da Anvisa para conter o avanço da bactéria KPC e acredita que a RDC nº 44/10 representa mais um avanço para a saúde, no Brasil. "Essa medida representa muito mais que o simples controle da venda de antibióticos. Ela devolve às mãos do farmacêutico o processo de orientação quanto ao uso correto deste tipo de medicamento", disse.

Para o Vice-Presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, a medida da Anvisa vem a contribuir para a evolução da saúde brasileira. "Basta lembrar que, nos países desenvolvidos, o controle de medicamentos é rigoroso". Ele lembra ainda que, desde o final da década de 90, o CFF luta pelo controle de antibióticos e outros medicamentos, por meio da promoção do uso racional. "A orientação farmacêutica quanto ao uso de antibióticos é essencial para o controle, e até mesmo a prevenção de infecções causadas por superbactérias, como a KPC. Além disso, o processo de orientação vai além da retenção da receita e não termina com a dipensação do medicamento. Para o farmacêutico, o último e maior objetivo é a cura do paciente", completa.

Para Walter Jorge João além do combate imediato à KPC, a medida da Anvisa poderá apresentar outros resultados positivos, a longo prazo". É preciso um esforço conjunto para que o controle de antibióticos chegue a todas regiões do País". O Vice-presidente informa que o CFF realizará, em novembro, a sua Reunião Geral com representantes de todos os Conselhos Regionais de Farmácia (CRFs). Na pauta do evento, constará da orientação aos CRFs para que levem as normas da RDC nº 44/10 aos seus farmacêuticos inscritos.

Fonte: Portal CFF

 

Saiba mais sobre a Resolução RDC 44/2010 Anvisa em nosso especial.