FioFarmo uma farmoquímica brasileira

sintese-farmacos-fiofarmaA Fiocruz e o Ministério da Saúde assinaram o Termo de Compromisso para a implantação do Centro de Referência Nacional em Síntese de Fármacos, o FioFarmo.


No portifólio inicial de fármacos a serem produzidos no FioFarmo constam o anti-helmíntico Dietilcarbamazina; os antimaláricos Mefloquina, Primaquina e Cloroquina; os antituberculostáticos Isoniazida, Pirazinamida e Etionamida; e os antirretrovirais Nevirapina e Efavirenz.

Com a proposta de implantação do FioFarmo espera-se incorporar mais uma etapa na cadeia produtiva de medicamentos e desenvolver processos sintéticos dos Insumos Farmacêuticos Ativos (IFAs) que atendam à demanda do setor público. Além disso, com a implantação do Centro de Referência, o Ministério da Saúde reduzirá os custos com os medicamentos incorporados ao SUS e favorecerá a produção pública de medicamentos. Outras perspectivas positivas com a implantação do FioFarma estão relacionados à formação de pessoal qualificado, à produção de novos protótipos em escala piloto e à incorporação do know how em processos envolvendo os IFAs.

Para a construção do FioFarma,  serão investidos R$ 33 milhões. Deste total, R$ 15 milhões serão destinados a equipamentos, R$ 10 milhões para a obra civil; R$ 5 milhões para consumos e R$ 3 milhões para o pagamento de serviços de terceiros. O terreno onde será localizado o Centro de Referência terá um total de 10 mil metros quadrados, dois mil metros dos quais serão ocupados pelo prédio de dois andares, incluindo a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). O projeto já teve algumas etapas finalizadas, como a definição do cronograma de atividades e do grupo de fármacos do 1º portfólio. Neste momento, os profissionais estão em busca dos fornecedores dos insumos e da definição das rotas sintéticas.

A proposta do projeto para a implantação do Centro de Referência foi apresentada em dezembro do ano passado e não possui objetivo de competir economicamente com outros fabricantes de IFAs em atuação no Brasil, cerca de cinco, de acordo com Núbia.

 

Fonte: Farmanguinhos