Medicamentos sofreram reajuste de até 12,5%

medicamentos pis cofins


 Os remédios estão mais caros desde sexta-feira (1º). O aumento é de até 12,5% e fica acima da inflação, fato que não ocorria há dez anos e atinge todos os medicamentos com preço controlado pelo governo.

O cálculo dos reajustes dos remédios é feito com base no Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), que teve uma taxa de 10,36% entre março do ano passado e fevereiro deste ano.

São considerados, ainda, fatores como produtividade da indústria e variação de custos dos insumos, além da concorrência do setor.

As empresas produtoras deverão dar ampla publicidade aos novos preços e não podem cobrar acima do percentual definido. A lista com os preços deverá estar disponível para o consumidor, que deve sempre pesquisar o menor preço.

Fonte: EBC