Setor farmacêutico puxa alta nas bolsas europeias do dia

Índice FTSEurofirst 300, referência para o continente, subiu 0,66%.Entre os principais mercados, destaque foi ganho de 0,45% em Londres.

O mercado de ações europeu fechou em alta nesta quinta-feira (14), com a valorização dos papéis de farmacêuticas pelo segundo dia seguido e com os bancos se recuperando das perdas na sessão anterior, além da manutenção do juro pelo Banco Central Europeu (BCE).


 

O índice FTSEurofirst 300, referência para o continente europeu, subiu 0,66%, fechando o dia aos 1.063 pontos, em sua segunda alta consecutiva. Entre os principais mercados, Londres teve alta de 0,45%, enquanto Frankfurt e Paris subiram, respectivamente, 0,43% e 0,37%.

 

O aumento ocorreu apesar dos dados econômicos divulgados pelos Estados Unidos, que parecem ter posto em dúvida a força da recuperação econômica. Os pedidos de seguro-desemprego no país, por exemplo, vieram acima do esperado na semana passada.

 

Ações

As farmacêuticas estavam entre os maiores ganhos desta quinta-feira, ampliando o avanço registrado na sessão anterior. Muitos analistas continuam colocando em foco o desempenho do setor de saúde, que subiu apenas 39% em relação às mínimas de março, abaixo da média do mercado.

 

GlaxoSmithKline, AstraZeneca e Roche avançaram entre 0,6% e 2,2%. O Deutsche Bank elevou a meta de preço para as ações da Sanofi-Aventis, o que ajudou sua valorização de 1,7%.

 

Analistas disseram que o foco para o mercado é a temporada de resultados nos EUA. Investidores estarão de olho nos dados trimestrais da fabricante de chips Intel após o fechamento das bolsas norte-americanas, e da gigante bancária JPMorgan Chase na sexta-feira (15).