Trump promete cortar preços e regulações do setor farmacêutico

farmacoeconomia


Segundo Trump, o clima de negócios nos EUA irá mudar em breve, pois, em parte, ele está comprometido a diminuir os impostos sobre o setor e cortar regulações.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu aos líderes do setor farmacêutico que irá cortar impostos para impulsionar a competitividade e que pressionará as empresas a produzirem mais medicamentos dentro do país.

Em reunião na Casa Branca, Trump disse que os programas Medicare e Medicaid estão gastando muito dinheiro com os medicamentos e que, em muitos casos, esses programas federais não tem muito poder de barganha quando estão comprando.

“Temos que baixar os preços por diversos motivos. Temos uma precificação pelo maior ‘cachorro’ do mercado, o Medicare”. O presidente disse que ele, por exemplo, pode comprar aspirina mais barata em uma farmácia do que o governo dos EUA pagaria pelo mesmo produto.

Ele acrescentou que irá trabalhar para reverter regulações que, segundo ele, forçam as companhias farmacêuticas a passarem anos e gastarem “bilhões” de dólares desenvolvendo drogas antes de conseguirem qualquer aprovação federal.

O republicano também declarou que deve anunciar seu escolhido para comandar o Departamento de Administração de Drogas e Alimentos (FDA, na sigla em inglês) e que a "aprovação de medicamentos não vai mais levar 15 anos" para ocorrer.

 

Fonte: Dow Jones Newswires.