Preços de medicamentos sofrem ajustes

ajuste preço de medicamentosAjuste nos preços de medicamentos Chegam a 4,64%

 


A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) divulgou, nesta segunda-feira (8), os índices para ajuste do preço de medicamentos no Brasil. A partir do próximo dia 31, os medicamentos comercializados no país poderão ser ajustados no percentual médio de 4,6%.

 

O ajuste de preços foi estabelecido para três faixas diferenciadas de medicamentos. Os percentuais, de até 4,83%, 4,64% e 4,45%, foram definidos segundo o nível de competição nos mercados, a partir do grau de participação dos genéricos nas vendas. Confira os medicamentos presentes em cada uma das faixas.

 

Para calcular o ajuste do preço de medicamentos, a Cmed considerou o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o fator de produtividade. O próximo ajuste deve ocorrer em março de 2011.

Cerca de 20 mil apresentações terapêuticas serão atingidas pelo ajuste. Os medicamentos fitoterápicos, os homeopáticos e os de que trata a Resolução Cmed 5, de 2003  e a Resolução Cmed 3, de 2004 não são submetidos aos referidos percentuais de reajustes.

Lei

A fórmula de cálculo do reajuste de preço de medicamento no Brasil é definida pela Lei 10.742 / 2003. Essa norma também estabelece a Cmed como órgão responsável pela adoção, implementação e coordenação de atividades relativas à regulação econômica do mercado de medicamentos. Compõem a Cmed ministros e técnicos dos ministérios da Saúde, Justiça, Fazenda e Casa Civil da Presidência da República.

Penalidades

As penalidades para o descumprimento de atos emitidos pela Cmed estão previstas na Lei 8.078/1990.  As multas podem variar entre R$ 212,00 e R$ 3,2 milhões.

Confira a nota de divulgação do ajuste do preço de medicamentos na íntegra.

Comentários  

# Farmacêutico Paulo 21-03-2010 00:09
Uma Vergonha, os preços dos medicamentos são muito caros e muitos não são distribuidos nos postos de saúde e são caros para pessoas carentes comprarem
# Carla Sampaio 21-03-2010 17:47
Gostaria de ver algum projeto de redução do preço de medicamentos, isso sim é aumentar a acessibilidade ao medicamento.