Hypermarcas amplia seus negócios com novas aquisições

hypermarcasJá são 4 aquisições em apenas 4 dias

A Hypermarcas anunciou ontem a compra da Luper Indústria Farmacêutica, fabricante de medicamentos como Gastrol, Virilon, Dramavit, Blumel e Senareti. Segundo comunicado ao mercado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o valor estimado da compra é de R$ 52,161 milhões, dos quais 60% serão pagos à vista e o restante em cinco parcelas anuais.


 

A aquisição (da Luper) vem ao encontro dos objetivos estratégicos da companhia de aquisições de marcas e ativos no setor de medicamentos, complementando, assim, seu portfólio de similares e produtos isentos de prescrição médica, diz o comunicado. Segundo a Hypermarcas, o negócio inclui uma fábrica em São Paulo. A Luper, de acordo com demonstrativo de resultados não auditado para o exercício de 2009, apresentou receita bruta de R$ 44,6 milhões.

 

Essa foi a quarta aquisição anunciada pela companhia em quatro dias. Na noite de domingo, a empresa - uma das maiores representantes do setor de bens de consumo do Brasil - informou a compra da fabricante e distribuidora de hastes flexíveis, curativos, absorventes e algodões York, por R$ 100 milhões, e da empresa do segmento de higiene bucal Facilit, por R$ 79 milhões.

 

O pagamento pelos ativos da York será feito à vista e inclui todo o parque industrial da companhia. Já o negócio com a Facilit prevê o pagamento de 60% à vista e o saldo remanescente em cinco parcelas iguais, anuais e sucessivas.

 

Na sexta-feira, a companhia já havia divulgado a compra da fabricante de fraldas descartáveis Sapeka, por R$ 225 milhões à vista mais quase 6,8 milhões de novas ações de sua emissão, totalizando R$ 371 milhões - considerando o valor das ações na bolsa no encerramento do pregão de sexta-feira.

 

Com a compra da York, a Hypermarcas entrou no segmento de absorventes femininos e reforçou sua atuação no mercado infantil. Já a aquisição da Facilit - detentora da marca Sanifill, entre outras - levou a empresa a atuar também no setor de higiene oral. Em comunicado, a Hypermarcas havia dito que as aquisições integram a estratégia de ampliação do seu portfólio de produtos nos setores de beleza e higiene pessoal.

 

Consideradas essas quatro últimas aquisições, a Hypermarcas já acumula mais de 30 compras em nove anos de operação. Apenas no segundo semestre de 2009, a companhia adquiriu a Hydrogen, de produtos de higiene infantil, a marca de fraldas Pom Pom, as fabricantes de preservativos Inal e Jontex, além do laboratório Neo Química.

 

Os novos negócios, contudo, não devem parar por aí. Em fevereiro, a Hypermarcas, que abriu capital em 2008, anunciou uma oferta primária de ações cujos recursos serão destinados a novas aquisições. A expectativa é de que a oferta chegue a até R$ 1,25 bilhão.

 

Desde que foi fundada, em 2001, a Hypermarcas passou de fabricante de lãs de aço a um grupo que administra mais de 160 marcas - desde fraldas a lâminas de barbear, passando por adoçantes e remédios. Os investimentos agressivos em marketing também a colocaram no ranking das maiores anunciantes do País. A empresa investe 20% de seu faturamento em propaganda.

 

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários  

# Marcelo Almeida 17-03-2010 00:38
Olha a Hypermarcas crescendo ai gente...