Laboratório de Medicamento Homeopáticos aposta no Brasil

irmaos-boiron-homeopatiaA Boiron aposta que o Brasil tem grande potencial para o mercado de medicamentos homeopáticos, mesmo com uma cultura tão diferente da europeia e americana nesse assunto. É o que o laboratório pretende mostrar no principal encontro de farmacêuticos do País, que acontece em Porto Alegre a partir do próximo dia 25/5.


O laboratório francês, líder mundial em medicamentos homeopáticos, foi fundado pelos irmãos farmacêuticos, recém-formados, Jean e Henri Boiron fundaram o Laboratório Central Homeopático francês em Paris que, em 1967, deu origem aos Laboratórios Boiron. O laboratório chegou ao Brasil em 2005.

 

A crença do laboratório Borion é acreditar que o profissional farmacêutico é especialista no medicamento e deve ter conhecimento e orientação claros também em relação aos medicamentos homeopáticos. "O farmacêutico é o principal canal entre o medicamento e o consumidor", afirma Ricardo Ferreira, diretor da Boiron no Brasil.

 

Para o laboratório, a relação com esses profissionais é fundamental para o sucesso, pois "os modelos de fabricação industrial europeu e americano são diferentes da realidade brasileira", salienta Ferreira. Para abordar esse assunto e a segurança e inocuidade dos medicamentos homeopáticos, a Boiron ao Brasil, especialmente para o congresso, uma das maiores autoridades internacionais no assunto, o Dr. Taoubi Khalil, chefe do Comitê de Toxicologia e Segurança da Convenção da Farmacopeia Homeopática dos Estados Unidos.

 

De acordo com o Dr. Khalil, se ainda há algum tipo de resistência a essas opções terapêuticas no País, isso é resultado do modelo do mercado, que dificulta o acesso da população - há muito mais drogarias do que farmácias homeopáticas. "Mas em pouco tempo isso dará lugar à grande aceitação dos medicamentos homeopáticos que, assim como na Europa e Estados Unidos, já estão disponíveis ao consumidor nas grandes redes de drogarias", analisa o especialista.

 

Segurança e eficácia, o impulso necessário para o setor

 

Khalil também destaca que é importante para um mercado ainda pouco acostumado com tratamento homeopático a chegada da Boiron, pois ajuda a trazer a credibilidade necessária aos produtos. Segundo ele, farmacêuticos, médicos e pacientes podem se sentir mais tranquilos ao indicar e consumir produtos que são produzidos sob as mais rígidas normas de qualidade e que têm sua segurança e eficácia comprovadas pelo órgão regulador de medicamentos da União Europeia (incluindo, como lembra o especialista, os certificados "Boas Práticas de Fabricação" e "Segurança e Uso Tradicional de Medicamentos Homeopáticos"). "E todo o processo de fabricação segue rigorosamente as farmacopeias homeopáticas da Europa, França e Estados Unidos", completa.

 

Essa visão é compartilhada pelo diretor internacional da Boiron, Daniel Omont. "Ver um medicamento homeopático de marca reconhecida em uma drogaria tradicional reforça aos consumidores a seriedade do tratamento homeopático e ajuda a popularizar a opção terapêutica no País". Segundo ele, os produtos do tipo que já existem no mercado nacional são igualmente seguros e eficientes, mas isso apenas não fica tão claro para a população em geral. "Isso vale para qualquer produto: quanto mais confiável for, mais será aceito", completa.

 

Para Ricardo Ferreira, as opções homeopáticas ainda estão muito restritas às farmácias especializadas. "É importante garantir acesso da população a todas as opções terapêuticas disponíveis, e o melhor canal para isso são as farmácias e drogarias", afirma. Segundo ele, o novo modelo não desestimula o que já existe. "Muito pelo contrário, é importante que existam todas as opções. Há espaço para todos. E quem ganha é a homeopatia e o consumidor", avalia.

 

Sobre a Boiron

 

A Boiron é o maior laboratório mundial de medicamentos homeopáticos, presente atualmente em mais de 80 países. O laboratório foi criado em 1932 pelos irmãos Jean e Henri Boiron e atualmente está na Bolsa de Paris. Em 2009, faturou 526 milhões de euros, um crescimento 12,7% em relação ao ano anterior. Com fortes investimentos em pesquisa nos últimos anos, possui um portfólio de mais de 250 especialidades e 3 mil substâncias unitárias registradas, produtos líderes em vendas na França e alguns dos medicamentos mais procurados no mundo. A missão da Boiron é que cada médico integre a homeopatia na sua pratica cotidiana. O tratamento homeopático deve ser uma opção terapêutica à escolha de médicos e pacientes.