Nova diretoria da Anfarmag toma posse

diretoria-anfarmagA diretoria da Anfarmag – Associação Nacional de Farmaceuticos Magistrais para a gestão 2011 – 2013 foi empossada na noite desta quarta-feira, 18, em solenidade realizada em Brasilia que contou com a presença dos deputador federais Saraiva Felipe (PMDB – MG) e Alice Portugal (PC do B – BA), do Secretário-Executivo da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Claudio Vignatti; do Presidente do Conselho Federal de Farmácia – CFF – Doutor Jaldo de Souza Santos e do Diretor-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA – Doutor Dirceu Brás Aparecido Barbano.

Em seu discurso, o novo presidente, Ademir Valério declarou que assume a entidade com a missão de colaborar decisivamente para o fortalecimento da farmácia magistral no Brasil, em especial, no avanço das relações institucionais, profissionais e técnicas de nosso setor. Entre os as principais diretrizes anunciadas podem ser destacadas o desenvolvimento e implementação de um processo governamental que possibilite a ampliação do acesso da população ao medicamento magistral; a consolidação do marco regulatório aplicável às farmácias magistrais, tomando como base os reais e efetivos critérios que norteiam o segmento, observada como base principal a definição do processo magistral já reconhecido pela farmacopéia brasileira; e a criação de um projeto que possibilite ao setor a redução da carga tributária incidente sobre a atividade das farmácias, bem como dirimir em definitivo polêmicas tributárias que atingem atualmente o setor.

Segundo Ademir Valério, para conquistar estes objetivos, mostra-se, essencial e indispensável, o apoio, suporte e a orientação de todos que, direta ou indiretamente, atuam no segmento. Ele enfatizou que a conciliação de propósitos em prol de uma sociedade melhor será o argumento central do trabalho em sua gestão. Por isto, explica, entre as frentes de trabalho desafiadoras a serem enfrentadas pela Anfarmag, está consolidar a imagem positiva junto ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária por meio do SINAMM – Sistema Nacional de Aperfeiçoamento e Monitoramento Magistral, modelo de autorregulação que se tornou um importante elemento para a sustentação técnica dos produtos e medicamentos magistrais e que já conta com reconhecimento no exterior.


"Somos pouco compreendidos como segmento estratégico da saúde"

Em seu último pronunciamento como presidente da entidade, Maria do Carmo Garcez declarou que a Anfarmag representa  o querer e o fazer de farmacêuticos que acreditam na importância da profissão que escolheram, no seu mais estrito senso: o conhecimento sobre o medicamento, desde o insumo até o produto final dispensado ao cidadão que dele necessita. “É com orgulho que hoje finalizo a missão que aceitei levar adiante há dois anos atrás, por acreditar firmemente não só no papel do farmacêutico magistral, mas, em especial, por acreditar nas propostas e ações em andamento desde 2005 , com a criação do SINAMM,  sistema este que atrai as farmácias que estão engajadas no atendimento das normas e a excelência da atividade magistral”. Para ela as farmácias magistrais ainda são pouco conhecidas tecnicamente, corretamente conceituadas, compreendidas e atendidas como segmento estratégico para a cadeia de prestação de serviços de saúde. “O objetivo constante das nossas ações é o acesso ao uso correto a todos os medicamentos, bem como o fortalecimento da comunicação com os prescritores em beneficio da população, no atendimento às suas necessidades individuais”. Ela declarou ter concluído o compromisso assumido com a certeza de ter dado o melhor de si, agradeceu o aprendizado constante e desejou um futuro consolidado para farmacêuticos, farmácias e  seu fortalecido papel para a saúde dos brasileiros.

 

Fonte: Portal Anfarmag
Foto: Yosikazu Maeda - obtida no website do CFF