Drogarias Pacheco e São Paulo anunciam fusão e nasce a DPSP

Drogaria DPSP fusão da drogarias pacheco e São Paulo No começo de agosto a DrogaRaia e Drogasil anunciaram seu plano de fusão criando a empresa RAIA DROGASIL com uma capital de R$ 4,1 bilhões juntas as duas tornaram-se a maior rede do varejo farmacêutico. Poucos dias depois é a vez das Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo anunciarem a fusão formando a DPSP das duas nascendo assim mais uma gigante no varejo nacional.


Juntas as duas somam uma receita bruta R$: 4,4 bilhões tornando-se no aspecto de faturamento a maior do Brasil. Em número de lojas elas somam 691 lojas, já sua concorrente a Raia Drogasil possui 720 drogarias.

O varejo farmacêutico nacional vai se definindo pela tendência de fusões para formar grandes grupos. Provavelmente o cenário de 2012 será marcado pela briga entre as duas gigantes pela liderança do setor.

Com a fusão a DPSP será comandada pelo Grupo Carvalho e Grupo barata, o presidente da empresa será o Gilberto Martins Ferreira e o conselho de administração terá como presidente o Samuel Barata.

 

A Drogarias Pacheco

drogarias-pachecoCom mais de 100 anos de atuação, a Drogarias Pacheco S.A. é uma empresa que comercializa medicamentos e produtos de higiene e beleza. Seu capital é 100% nacional.

A Drogarias Pacheco, atualmente conta com mais de 350 lojas, distribuídas no Estado do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

O crescimento da empresa se deu de forma mais abragente em 2001 quando a sede e o depósito foram transferidos para a atual instalação, localizada na Rodovia Presidente Dutra, no bairro da Pavuna.

Em 2005, adquiriu a Rede de Drogarias Santa Marta de Minas Gerais, atualmente com mais de 50 lojas. Em 2007 a empresa muda sua razão social para Drogarias Pacheco S.A. e em 2009 a empresa chega a São Paulo.

 

A Drogaria São Paulo

drogaria-sao-paulo

Com 68 anos de atuação, a Drogaria São Paulo é uma das maiores redes de drogarias do país e conta com mais de 360 unidades nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia.

Comentários  

# Jacquelini 30-08-2011 18:55
Parabéns as duas empresas que se unem para um crescimento. Pena que o farmacêutico continue tão desvalorizado nestas instituições. Continuam a ser meros balconistas com condições, salários e reconhecimentos humilhantes...
# joao 07-09-2011 02:31
e olho grande isso e ma vergonha
vao s quebra.....
# joao 09-09-2011 21:40
enquanto eles se entopem de DINHEIRO os funcionarios vive em um regime de escravidao acumulando tarefase com um salario humilhante e sao tratados como animais.
# Luciandro Silva 07-10-2012 16:53
Parabéns por versos e retroversos. Temos que respeitar essas, pois são empresas sólidas e que contribuem para a riqueza de nosso País, geram empregos, pagam impostos (que não são baratos)Não sei o que pagam para seus funcionários, mais sei que são milhares de funcionários, que de certa forma recebem seu salário no final do mês. O que é Melhor, está no Mercado de trabalho, ou fora dele?