Combate aos Medicamentos Falsificados na África

medicamento-falsificadoA Venda de medicamentos falsificados sempre foi um grande problema, especialmente para os países mais pobres, e infelizmente a África é líder na venda de medicamentos falsificados.
  
Segundo Lukulay Patrick, diretor do Programa de Promoção da Qualidade de Medicamentos USP-USAID, "Os medicamentos falsificados ameaçam a vida dos cidadãos da África e é essencial que os governos estejam equipados com as ferramentas necessárias para avaliar a qualidade dos medicamentos que circulam em seus mercados "
  
Para tentar reduzir a venda e o consumo de medicamentos falsos contra a malária (um dos medicamentos mais falsificados). Foi dado um passo, a U. S. Pharmacopeia Convention (USP), uma organização sem fins lucrativos, organizou uma reunião em Accra, capital da Gana, com a presença de cientistas de cinco países do continente Africano, Gana, Etiópia, Quênia, Senegal e Serra Leoa, onde receberam treinamento para detectar medicamentos falsificados.
  
A USP explica que  "Os laboratórios destes países podem ter padrões antigos, inválidos ou não ter o equipamento necessário para oferecer a seus analistas o treinamento necessário para analisar adequadamente as amostras  "e é por isso que estamos fornecendo padrões de referência, procedimentos operacionais padrões e treinamento técnico.
  
O Objetivo do treinamento para a detecção de medicamentos falsificados é melhorar a competência dos cientistas e a  eficácia da análise dos medicamentos.


 

Fonte: Blog Espanhol Farmacovigilancia