A pesquisa, feita na capital paulista, constatou uma grande variação dos preços de medicamentos genéricos entre 15 farmácias. Segundo o Procon, existe um valor máximo para os remédios, mas as drogarias são livres para efetuar os descontos.