Automedicação e Perigos do Carnaval

carnaval-medicamentoTodo começo de ano acontece o Carnaval a maior festa popular do mundo. Época do ano marcada por muita alegria e descontração, mas que pode se transformar em um pesadelo para a saúde.


 

Automedicação

 

Os sintomas da ressaca fazem a automedicação aumentar em 40%.

Muitas vezes os medicamentos são tomados em doses maiores em uma tentativa de tentar curar os sintomas mais rapidamente. O medicamento em doses maiores não irá ajudar em nada, pelo contrário só pode levar a uma piora, já que doses altas de alguns medicamentos são potencialmente perigosos.

Também aumentam os casos de interações. Por exemplo, medicamentos a base de ácido acetilsalicílico quando combinado com álcool aumenta o risco de irritação na mucosa gástrica que pode levar a hemorragia gastrintestinal.

Já o Paracetamol pode causar sérios danos ao fígado.

Nos últimos anos também temos acompanhado um aumento absurdo no uso de pílula do dia seguinte, além de não ser um método contraceptivo


Consumo de Álcool

como-curar-ressaca-alcool
Um dos principais ícones do carnaval é o álcool, seu consumo aumenta drasticamente. Devemos ser conscientes das conseqüências de seu consumo.

Alguns Medicamentos não devem ser usados com bebidas alcoólicas

Em hipótese alguma medicamentos que são depressores do sistema Nervoso central (como calmantes) podem ser misturados com bebidas alcoólicas.

 

 

Medicamentos para Ressaca

medicamento-ressaca
Dor de Cabeça, estômago!  A bebida de ontem não caiu muito bem e bateu uma baita ressaca. que fazer para curar a ressaca?

 

Procure o farmacêutico na farmácia mais perto de sua residência, ele pode indicar medicamentos de venda livre que vão auxiliar a tratar os sintomas da ressaca.



Doenças causadas pelo beijo e DST


doenca-beijoConhecida como doença do Beijo, a mononucleose é transmitida pela saliva, se torna mais freqüente entre os jovens e adultos durante o carnaval por causa da variedade de parceiros.

A doença pode ser facilmente confundida com uma febre, é uma síndrome clínica caracterizada por mal-estar, dor-de-cabeça, febre, dor-de-garganta, aumento de gânglios ou ínguas localizadas no pescoço ou generalizadas e inflamação do fígado (hepatite) leve e transitória.

Mais uma doença que por causar febre aumenta o consumo de medicamentos.

Outra doenças também que podem ser transmitidas pela saliva são: Cárie, hepatite, Herpes, Candidíase.

Fora as doenças transmitidas pela saliva, temos as famosas e já conhecidas DSTs.

Ninguém deve abdicar de curtir o carnaval, mais tudo deve ser feito com consciência e segurança.