china vacina sinovac coronavirus

Vacina foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Science Life em parceria com Instituto Butantan

 

Os resultados dos testes em fase 3 com voluntários na China indicam que a Coronavac, vacina desenvolvida pela biofarmacêutica chinesa Sinovac Science Life em parceria com o Instituto Butantan, é segura e não apresentou reações adversas significativas.

Entre os pouco mais de 50 mil voluntários, 94,7% não tiveram nenhuma reação adversa. Outros 5,36% sentiram efeitos adversos de grau baixo, como dor no local da aplicação, febre moderada e perda de apetite.

 

Eficácia da Coronavac deve começar a ser avaliada em outubro 

Até o momento, mais de 4 mil voluntários brasileiros já receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Uma parte deles também já recebeu a segunda aplicação.

Se os resultados forem positivos, Butantan e Sinovac firmarão acordo de transferência de tecnologia para a produção da vacina em larga escala.

A vacina é uma das que estão em fase de testes para combater a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2 que causa a COVID-19.

 

Testes no Rio de Janeiro

Os profissionais de saúde do Rio de Janeiro que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 ainda podem se candidatar a participar dos testes da vacina Coronavac realizados pela Fiocruz.