covaxin vacina covid19 bharat biotech

Contrato de importação da Covaxin no valor de R$ 1,6 bilhão foi cancelado na tarde desta sexta-feira.

 

 

Depois de ser alvo da CPI da Covid a compra da vacina covaxin contra covid-19 foi suspensa pelo Ministério da Saúde. A medida foi orientada pela Controladoria-Geral da União (CGU).

A vacina recebeu autorização excepcional e temporária para importação com diversas restrições da Anvisa apenas para lotes específicos analisados pela Agência. Anteriormente a Vacina foi reprovada pela Anvisa.

A Covaxin é uma vacina contra covid-19 desenvolvida pela farmacêutica indiana Bharat Biotech e cuja negociação com o Ministério da Saúde foi realizada através de uma intermediária chamada Precisa Medicamentos.

Na última sexta-feira a vacina virou palco da CPI da Covid em depoimento do deputado Luis Miranda e do irmão dele, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, Chefe da Divisão de Importação do Ministério da Saúde.

Luis Ricardo Fernandes Miranda relatou ao MPF (Ministério Público Federal) ter sofrido pressão incomum para assinar o contrato de importação da Covaxin.

Já Luis Miranda (DEM-DF) disse à CPI que alertou o presidente Jair Bolsonaro sobre supostas irregularidades na compra da Covaxin.