vacina covid19 russia

Um dos pontos destacados pelo Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) é o custo da vacina Sputnik V que é inferior a US$ 10 por dose e a temperatura de armazenamento da Sputnik V a +2+8 C significa que ela pode ser armazenada em um refrigerador convencional sem qualquer necessidade de investir em infraestrutura adicional de cadeia fria.

 

 

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, fundo soberano da Rússia) anuncia a aprovação da vacina russa Sputnik V contra o coronavírus no Chile. A Sputnik V é agora aprovada em 69 países, com população total superior a 3,7 bilhões de pessoas - quase metade da população global.

Segundo o fabricante os dados obtidos durante a vacinação com a Sputnik V em vários países (Argentina, San-Marino, Sérvia, Hungria, Bahrein, México, Emirados Árabes Unidos, Filipinas entre outros) demonstram que a Vacina Sputnik V é segura e eficaz contra o coronavírus. A vacina ocupa o segundo lugar entre as vacinas para o coronavírus em todo o mundo em termos do número de aprovações emitidas pelos reguladores governamentais.

A Sputnik V também foi aprovada na Rússia, Bielorrússia, Argentina, Bolívia, Sérvia, Argélia, Palestina, Venezuela, Paraguai, Turquemenistão, Hungria, Emirados Árabes Unidos, Irã, República da Guiné, Tunísia, Armênia, México, Nicarágua, Republika Srpska (entidade da Bósnia e Herzegovina), Líbano, Mianmar, Paquistão, Mongólia, Bahrein, Montenegro, Saint Vicent and the Granadines, Cazaquistão, Uzbequistão, Gabão, San-Marino, Gana, Síria, Quirguistão,Guiana, Egito, Honduras, Guatemala, Moldávia, Eslováquia, Angola, República do Congo, Djibouti, Sri Lanka, Laos, Iraque, Macedônia do Norte, Quênia, Marrocos, Jordânia, Namíbia, Azerbaijão, Filipinas, Camarões, Seychelles, Maurítius, Vietnã, Antigua e Barbuda, Mali, Panamá, Nepal, Bangladesh, Turquia, Albânia, Maldivas,Equador, Brasil e Nigéria.

Kirill Dmitriev, CEO do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), disse, "A Sputnik V foi registrada em vários países da América Central e do Sul e é usada com sucesso para salvar vidas. A autorização da vacina no Chile ajudará no acesso a uma das melhores vacinas contra o coronavírus. A Sputnik V demonstrou alta eficácia e segurança durante a vacinação em muitos países ao redor do mundo. A vacina cria uma imunidade forte e durável contra o COVID."