sputnik light vacina covid19

Sputnik Light é a versão da vacina russa contra covid-19 e dose única..

 

 

A Vacina Sputnik Light é feita do primeiro componente (adenovírus humano recombinante sorotipo 26 (Ad26)) da vacina Sputnik V contra Covid-19. Ela é aplicada em dose única, assim como a vacina da Janssen.

A Sputnik Light, assim como a Sputnik V, foi criada com base em uma plataforma de vetores adenovirais humanos, que causam o resfriado comum e que a humanidade enfrenta há milênios.

A eficácia da vacina de componente único “Sputnik Light” foi de 79,4% com base na análise de dados do 28º dia após o recebimento da imunização por cidadãos da Federação da Rússia como parte do programa de vacinação em massa no período de 5 de dezembro de 2020 a 15 de abril de 2021.

De acordo com os resultados de estudos de laboratório do Centro Nacional de Investigação de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya a Sputnik Light é eficaz contra todas as novas cepas de coronavírus SARS-CoV-2.

Segundo o instituto o estudo de segurança e imunogenicidade da Fase I/II da “Sputnik Light” demonstrou os seguintes resultados:

- A imunização com a vacina “Sputnik Light” possibilita o desenvolvimento do nível de anticorpos IgG antígeno-específicos em 96,9% das pessoas vacinadas no 28º dia;

- Os anticorpos neutralizantes do vírus são produzidos no 28º dia após a imunização em 91,67% das pessoas que receberam uma injeção da vacina “Sputnik Light”.

- A resposta imune celular à proteína S SARS-CoV-2 é formada em 100% dos vacinados já no 10º dia.

- A imunização com a vacina ‘Sputnik Light’ de pessoas que têm imunidade preexistente ao SARS-Cov2 permite um aumento no título de anticorpos IgG específicos para o antígeno em mais de 40 vezes em 100% das pessoas vacinadas já no 10º dia;

- Nenhum evento adverso grave foi relatado após a imunização com a “Sputnik Light”.