Os ministros da Saúde das nações pertencentes ao Grupo dos Sete realizaram uma reunião online extraordinária na segunda-feira para tratar de preocupações sobre a variante ômicron do coronavírus. Disseram que a ameaça de uma variante nova e "altamente transmissível" requer medidas urgentes.

Os ministros elogiaram a África do Sul por ter detectado a nova variante e alertado outros países para sua existência. Também reconheceram a "relevância estratégica de garantir o acesso às vacinas", concordando sobre a importância de se combater informações errôneas sobre a vacina.

Os ministros disseram que irão trabalhar em estreita cooperação, junto com a Organização Mundial da Saúde e outros parceiros internacionais, para compartilhar as informações e monitorar a variante.

 

Com informações da TV Japonesa NHK