dose vacina covid19

Quarta dose da vacina contra covid-19 (reforço) poderá ser recebida por imunossuprimidos a partir de quatro meses após a terceira dose.

 

 

O Ministério da Saúde passou a indicar uma nova dose de reforço da vacina contra covid-19, para além da já aplicada, para os imunocomprometidos, incluindo transplantados, pessoas com HIV/AIDS e quem realiza quimioterapia para câncer. Nesses casos, a quarta dose deverá ser dada quatro meses após a terceira.

A orientação é que a dose de reforço seja feita com a vacina da Pfizer e BioNTech. Segundo ministério, a preferência é para o da Pfizer, mas as vacinas da Janssen e da AstraZeneca também poderão ser utilizados, a depender da disponibilidade.