oms teste coronavirus

 

 

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanon Ghebreyesus, alerta que a variante ômicron do coronavírus está se propagando significativamente com mais rapidez que a variante delta.

O chefe da OMS deu uma entrevista coletiva na sede da organização em Genebra, na segunda-feira. Essa é a primeira vez que ele fala pessoalmente com os repórteres em quase um ano e meio.

Tedros disse: "Há, agora, provas consistentes de que a ômicron está se espalhando claramente com mais rapidez do que a variante delta". E acrescentou: "É mais provável que pessoas já vacinadas ou que se recuperaram da Covid-19 sejam infectadas ou reinfectadas".

As empresas farmacêuticas Pfizer e Moderna dizem que as doses de reforço de suas vacinas contra o coronavírus utilizando a tecnologia de mRNA poderão ser eficazes também contra a variante ômicron.

A cientista chefe da OMS, Soumya Swaminathan, disse que é prematuro, em sua opinião, chegar à conclusão de que somente as vacinas com tecnologia de mRNA sejam eficazes contra a ômicron.

 

* com informações da TV Japonesa NHK