apsen industria farmaceutica

APSEN Farmacêutica realiza a 2ª etapa de processo inovador: mais de 12 mil participantes concorrem a vagas de propagandistas farmacêuticos. O "Brilhe na Apsen" é 100% digital com utilização de inteligência artificial para atrair diversos perfis, que não precisam ter experiência em vendas no setor

 

 

A Apsen Farmacêutica realizou a 2° etapa do desafio "Brilhe na Apsen". Com apresentação do jornalista Ivan Moré, a fase aconteceu por meio de um evento online com transmissão ao vivo. Os candidatos responderam a perguntas dos mais variados temas (português, raciocínio lógico, conhecimentos gerais, tecnologia/digital, negócios/economia e conhecimentos sobre a Apsen) em um tempo pré-determinado. 12.300 pessoas foram para a etapa 2 e 5.000 pessoas passarão para a fase 3.

O modelo inovador, criado em parceria com a startup Tage, conta com uma plataforma de testes comportamentais, quiz ao vivo e interação com o público interno da empresa. Na 3° etapa os candidatos aprovados terão que fazer um vídeo de apresentação respondendo à pergunta "Por que você se considera preparado para brilhar na Apsen?". Segundo Renata Spallicci, vice-presidente de Gestão Estratégica e Relações Institucionais Apsen Farmacêutica, as provas seguintes serão ainda mais desafiadoras. "Na fase 4 os candidatos passarão por entrevista online com o possível futuro gestor, e na 5°, haverá apresentação de case - também de forma virtual - para uma banca avaliadora", ressalta Renata.

O "Brilhe na Apsen" atraiu cerca de 17.500 candidaturas em todo o Brasil. Dessas, serão contratadas mais de 160 pessoas para o cargo de propagandista farmacêutico, com início previsto para junho de 2021. Para deixar o processo mais diversificado, não foi necessário ter experiência em vendas na indústria farmacêutica para concorrer às vagas. Profissionais de outros segmentos puderam se candidatar.