anvisa

Serviços de saúde devem inutilizar os frascos com características de falsificação e notificar o fato à Agência.

 

 

Anvisa determinou a inutilização, a apreensão e a proibição da distribuição, comercialização e uso de unidades falsificadas do medicamento Imunoglobulin, por meio da Resolução RE 124, de 13 de janeiro de 2022.

A detentora do registro, Blau Farmacêutica, comunicou à Agência a falsificação do frasco-ampola de solução injetável de imunoglobulina de 5g/100 mL, que apresenta as seguintes divergências em relação ao medicamento original: 

  • frasco sem alça de apoio para infusão;
  • lacre de alumínio sem gravação lateral que conteria o nome do produto;
  • concentração e número de lote; 
  • tampa menor e corpo do frasco mais largo que o original; e
  • tampa com fenda diferente da original, que não possui fenda.

A Anvisa solicita aos serviços de saúde que, caso notem unidades com essas características de falsificação, não utilizem os produtos e comuniquem o fato à Agência, preferencialmente via Notivisa. Caso tenham dúvidas sobre a procedência do produto, recomenda-se que entrem em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Blau Farmacêutica (0800-701-6399) e, caso confirmada a falsificação, comuniquem o fato à Agência por meio do Notivisa.

..:: NOTIVISA ::..