judicial farmacia

 

 Segundo o Conselho Federal de Farmácia (CFF), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) ao negar seguimento aos recursos especial e extraordinário interpostos pelo Conselho Federal de Química (CFQ), reafirmou que o tratamento de água é, também, de competência do farmacêutico e, portanto, não de exclusividade dos químicos, conforme julgamento originário de 2014.

[Em breve vamos divulgar nesta página a decisão completa]

 

Com informações divulgadas na página do CFF.