medicamento manipulado

 

Olá, como posso ajudar?

Uma das mais constantes atividades farmacêuticas é cumprir a atribuição legal que determina a obrigatoriedade de prestar assistência e atenção

farmacêutica necessárias aos pacientes, objetivando o uso correto dos produtos, conforme a RDC 67/07 da Anvisa.Esta obrigação rege o atendimento e assistência farmacêuticas, em total alinhamento com a lei federal 13.021/14 que define a farmácia comonuma unidade de prestação de serviços destinada a prestar assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva, na qual se processe a manipulação e/ou dispensação de medicamentos magistrais, oficinais, farmacopeicos ou industrializados, cosméticos, insumos farmacêuticos, produtos farmacêuticos e correlatos.

Como farmacêutica atuante no segmento magistral há 22 anos, tendo passado outros 9 em paralelo no serviço hospitalar, posso atestar a grande necessidade de informação que nossa população demanda dos serviços de saúde, que são cruciais para que a utilização dos medicamentos e outros produtos relacionados à saúde seja feita da forma mais proveitosa possível.

No momento vivemos uma urgência sanitária em função da pandemia de coronavírus, e você poderá obter informações seguras e confiáveis com os profissionais farmacêuticos atuantes nas mais de 55 mil drogarias e 8 mil farmácias magistrais espalhadas pelo Brasil.

Algumas drogarias serão postos de vacinação na campanha de influenza, como foram na do sarampo, além do fornecimento de medicamentos padronizados (industrializados) para tratamentos variados.

As farmácias magistrais oferecem também vários medicamentos, com a possibilidade de individualização terapêutica (personalização), para atender particularidades do paciente, e também cosméticos, suplementos, preparações homeopáticas, fitoterápicos, entre outros recursos terapêuticos. Além disso, as farmácias magistrais manipulam preparações oficinais essenciais como álcool 70% em solução ou na forma de gel, recurso altamente efetivo para higienização das mãos, tarefa que precisamos destacar nestes tempos de pandemia.

Para esclarecer suas dúvidas e receber orientações sobre o uso correto de medicamentos e outros produtos de saúde, tenha um farmacêutico para chamar de seu – procure um profissional habilitado para atender sua necessidade.

 

Artigo escrito por Gelza Rúbia Rigue de Araujo
Farmacêutica Magistral

Para acompanhar informações publicados por Gelza Rúbia seguir minha página no Instagram (@gelzarubia) ou Facebook (www.facebook.com/gelzaRRaraujo/).

 

Leia também: Anvisa autoriza pronta-entrega de álcool gel em farmácia de manipulação