medicamento veterinario pet

 

Se você atua na área de farmácia veterinária, a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) realizará o I Simpósio de Farmácia Veterinária, nos dias 22 a 24 de setembro, das 15 às 19 horas. O Simpósio organizado pelas farmacêuticas e professoras Yara Cid e Viviane Magalhães será online e gratuito e as inscrições, que começaram no dia 14 de julho, vão até o dia 21 de setembro, mas são restritas a estudantes de Farmácia Veterinária e profissionais que atuam na área. A atuação do farmacêutico no âmbito veterinário foi regulamentada em 2013, por meio da Resolução CFF nº 572, e o setor tem sido um segmento atrativo e em expansão no Brasil. Este profissional pode fabricar, dispensar medicamentos veterinários, suprimentos farmacêuticos e, também, orientar sobre o uso correto e seguro desses produtos para uso animal.

Viviane Magalhães, que tem mestrado em Ciências Veterinárias e doutorado em Agrotecnologia, explica que trabalhou tanto no mestrado quanto no doutorado com produção de medicamentos veterinários. Ela comenta o perfil que o mercado espera do farmacêutico veterinário. “O profissional que pensa em atuar junto ao medicamento para a saúde animal precisa saber trabalhar em equipe, porque em algum momento ele vai precisar do auxílio do zootecnista ou do médico veterinário. Ele tem que ter um perfil multidisciplinar”.

Além disso, Viviane explica que quem decide atuar neste setor deve ter sempre em mente que o grau de comprometimento no trabalho voltado para o animal é tão grande quanto o trabalho focado em pessoas. “Os principais desafios são que na saúde animal a gente está relacionando a uma infinita possibilidade de espécies e de padrões, enquanto na saúde humana, a gente fala só de uma espécie. A necessidade de um animal de pequeno porte é muito diferente de um animal silvestre, então quando a gente fala da produção de medicamento ou de uma necessidade terapêutica, a gente tem que pensar nas necessidades fisiológicas, na farmacologia, mas também no manejo desse animal, no habitat, na forma que você pode tratar esse animal”.

O farmacêutico pode atuar na indústria de medicamentos veterinários no desenvolvimento, no controle de qualidade, na área regulatória, na responsabilidade técnica e até na área de marketing. Entre atividades realizadas pelo farmacêutico veterinário uma que ao longo dos anos vem ganhando destaque é a Farmácia Magistral. Na farmácia de manipulação, ele atua de modo a garantir que o produto apresente a mesma integridade e eficácia, durante toda a data de validade, visando sempre as particularidades de cada animal.

 

Inscrições:

https://m.facebook.com/farmavet.ufrrj 

https://www.instagram.com/farmavet.ufrrj 

 

Fonte: Comunicação do CFF
Autor: Murilo Caldas