laboratorio teuto

Solução completa em saúde: Teuto reforça robusto portfólio.

 

 

Solução completa em saúde, o Laboratório Teuto Brasileiro possui mais de 750 apresentações, entre medicamentos de referência, genéricos, genéricos de marca (similares equivalentes – EQ’s), MIP’s (medicamentos isentos de prescrição), linha hospitalar, suplementos alimentares, cosméticos e produtos para a saúde. No ano em que celebra 75 anos de excelência, o Teuto reforça seu compromisso com o crescimento sustentável, sendo mais de 220 novas apresentações a serem lançadas nos próximos anos.

“A cultura da qualidade, integridade e alta performance do Teuto visa oferecer sempre produtos de confiança e garantir mais saúde, bem-estar e qualidade de vida à população brasileira. Investimos continuamente em pessoas, inovação, ciência e tecnologia. Um exemplo disso são os lançamentos de medicamentos complexos e o pioneirismo do Teuto no mercado de genéricos no Brasil”, revela Thiago Lobo Matos, farmacêutico supervisor de mercado da empresa.

A companhia, que há mais de sete décadas é sinônimo de qualidade e confiança, alcançou a marca de 17 produtos considerados como “Medicamentos/Apresentações de Referência”, segundo a Anvisa. O reconhecimento dos produtos é realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que divulga em seu site (www.portal.anvisa.gov.br/registros-e-autorizacoes/medicamentos/produtos/medicamentos-de-referencia/lista) a lista completa dos medicamentos.

 

Confira os últimos lançamentos, inclusões e relançamentos da empresa:

 

CANDITRAT
Nº de MS: 1.0370.0078.006-1
Este medicamento é um antifúngico, um produto destinado a combater os fungos, entre eles, um muito comum em recém-nascidos e lactentes – ‘o sapinho’ (Candida albicans). Este fungo pode também aparecer na boca de indivíduos adultos, principalmente em casos de uso de próteses dentárias ou quando o organismo está enfraquecido por falta de nutrientes, vitaminas e problemas imunológicos. Posologia e contraindicações: vide embalagem.

NISTATINA
Nº de MS: 1.0370.0482.005-8
O produto é um antifúngico, também é voltado para o combate de fungos, entre eles um muito comum em recém-nascidos e lactentes. Não deve usar o medicamento se for alérgico à nistatina ou aos demais componentes da fórmula. Ele contém propilparabeno e metilparabeno que podem induzir reações alérgicas (as quais podem ser tardias em alguns casos). Posologia e contraindicações: vide embalagem. Contraindicações e posologia: vide embalagem.

IBUPROFENO
Nº de MS: 1.0370.0757.002-8
Indicado no alívio dos sinais e sintomas de artrite reumatoide, osteoartrite, reumatismo articular, nos traumas relacionados ao sistema musculoesquelético, quando estiverem presentes componentes inflamatórios e dolorosos. O ibuprofeno está indicado ainda no alívio da dor após procedimentos cirúrgicos em Odontologia, Ginecologia, Ortopedia, Traumatologia e Otorrinolaringologia. Posologia e contraindicações: vide bula.

ROSUVASTATINA
Nº de MS: 1.0370.0740.002-5
Deve ser usado como auxiliar quando a resposta à dieta e aos exercícios é inadequada. Não deve utilizar o medicamento se for alérgico à rosuvastatina ou a qualquer um dos componentes do medicamento, se estiver com doença no fígado, e se tiver insuficiência hepática ou renal (funcionamento alterado do fígado ou rins). Posologia e contraindicações: vide bula.

FENTANILA
Nº de MS: 1.0370.0588.02-7
O Citrato de Fentanila é indicado para analgesia de curta duração durante o período anestésico (pré- medicação, indução e manutenção) ou quando necessário no período pós operatório imediato (sala de recuperação). Para o uso também como componente analgésico da anestesia geral e suplemento da anestesia regional. Posologia e contraindicações: vide bula.

CELECOXIBE
Nº de MS: 1.0370.0598.12-1
Medicamento indicado para o tratamento sintomático da artrite reumatoide (inflamação crônica das ‘juntas’ causada por reações autoimunes (quando o sistema de defesa do corpo agride por engano a si próprio) e artrose (lesão crônica das articulações ou ‘juntas’). Lembrando que seu uso deve ocorrer sempre com prescrição e acompanhamento médico. Posologia e contraindicações: vide bula.

POLIMIXINA B
Nº de MS: 1.0370.0740.006-8
Este medicamento é indicado para infecções agudas causadas por cepas suscetíveis de Pseudomonas aeruginosa. O sulfato de Polimixina B é uma escolha no tratamento de infecções do trato urinário, meninges e corrente sanguínea causadas por cepas suscetíveis de Pseudomonas. Também pode ser usado topicamente e subconjuntivamente no tratamento de infecções oculares causadas por cepas suscetíveis de Pseudomonas. Posologia e contraindicações: vide bula.