Farmacêutica brasileira Cristália iniciou negociações com portuguesa Bial

Farmacêutica brasileira Cristália iniciou negociações com portuguesa Bial

Participação em feira realizada em Lisboa no último fim-de-semana marcou arranque de conversações entre o laboratório brasileiro e o português.


 

Parque das Nações, em Lisboa, foi palco de intercâmbios luso-brasileiros.

Brasília - O laboratório farmacêutico Cristália foi uma das quatro empresas brasileiras convidadas para participar no stand da FINEP montado na 4ª Jornada de Inovação, promovidas pela ADI - Agência da Inovação, de Portugal, que aconteceu de 18 a 20 de junho, no Parque das Nações, em Lisboa. Desta iniciativa resultou já um contato com a Bial, uma das maiores companhias farmacêuticas portuguesas.

Na ocasião, o Cristália apresentou o Helleva, medicamento para disfunção erétil totalmente desenvolvido no Brasil, em um projeto que contou com o apoio daquele instituto de financiamento brasileiro (FINEP).

"Um dos resultados da feira, que teve como objetivo promover a aproximação de empresas e instituições brasileiras com perfil inovador com companhias portugueses e de outros países da Europa, foi o início das negociações do Cristália com a farmacêutica Bial para intercâmbio de tecnologias e produtos", informou o laboratório brasileiro em comunicado.

A Bial, que ainda não tem um braço na América do Sul, é uma importante fabricante de insumos e produtos farmacêuticos para as mais diversas patologias e se destaca no cenário europeu pela sua atuação na inovação de fármacos e medicamentos. A Bial é a maior farmacêutica lusa de investigação e seu primeiro medicamento totalmente desenvolvido em Portugal, indicado para a epilepsia, já está licenciado para venda nos Estados Unidos da América e na Europa.

Para o diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Cristália, Roberto Debom, que representou a empresa brasileira no evento, esta aproximação é bem vinda, pois será um trabalho de mão dupla, colocando a empresa em diferentes mercados.

Laboratório químico farmacêutico, de capital 100% brasileiro, a Cristália lidera a produção e a comercialização de anestésicos no Brasil, em especial os de uso em anestesia locoregional e os agentes adjuvantes. Fundado em 1972, tem como principal marca o investimento em pesquisa, desenvolvimento e inovação e conta com uma equipe de 126 pesquisadores qualificados.

A companhia totaliza atualmente 2.000 funcionários diretos em suas fábricas localizadas em Itapira e São Paulo, além de escritórios em diversas regiões do Brasil O Cristália ocupa uma posição de destaque também na área de psiquiatria, biotecnologia e de produtos éticos para prescrição médica.

Fonte: Portugal Digita