sinovac coronavac vacina covid19

Asia Shipping transporta dois aviões com vacinas contra a COVID-19 da China para o Governo do Chile, em janeiro

 

 

A pandemia do novo Coronavírus fez com que se fizesse em menos de um ano aquilo que normalmente leva anos, quiçá décadas. Neste momento, mais de 66 vacinas estão em desenvolvimento no mundo, sendo que duas foram aprovadas para uso geral e oito para uso emergencial em várias nações, de acordo com o boletim em tempo real do site The New York Times.

Na mesma velocidade, diversas empresas de logística pelo mundo iniciaram um plano de contingência para conseguir transportar as diversas temperaturas e embalagens, de um ponto a outro do mundo, já que China e Índia lideram a produção do imunizante e suas matérias primas.

Indo na contramão da maioria dos operadores logísticos do mundo, a Asia Shipping, que é a maior integradora logística da América Latina e única brasileira no ranking das maiores do mundo, já tinha todo o seu sistema de gestão de qualidade pronto e montado para transportar qualquer tipo de medicamento - incluindo biológicos - que é a classe de medicamentos onde se encontram as vacinas.

Além de deter o conhecimento na área, a empresa é associada Sindusfarma desde 2019 e também certificada GDP (Good Distribution Practices), OEA, ISO 9001, Trace, o que a tornou vencedora na disputa com outras empresas globais para o transporte de dois aviões completos com vacinas saindo da China, para o governo chileno.

A empresa coletou os Envirotainers e os levou para serem estufados na Sinovac, na China. Nosso especialista local inspecionou os equipamentos para checagem de acordo com os mais altos padrões exigidos pela indústria, além de completar o checklist operacional, com verificação de bateria e temperatura.

Após estufados e verificados, os equipamentos foram enviados para o aeroporto, mantidos em ambiente controlado cumprindo com a exigência do produto e partiu para embarque para o Chile em voo da LATAM.

 

Fonte: Asia Shipping