preso

 

A servidora estava lotada pela Secretaria de Saúde, segundo o site da transparência de Marataízes, desde março deste ano.

Uma farmacêutica, de 43 anos, que, segundo a polícia, vendia medicamentos para a fabricação das drogas, foi presa em Marataízes-ES.

A servidora estava lotada pela Secretaria de Saúde, segundo o site da transparência de Marataízes, desde março deste ano.

Segundo a Polícia Civil, ela foi condenada no último dia 9 pela Justiça em um processo criminal de 2010.

O mandado de prisão foi cumprido na farmácia básica do município, onde a profissional trabalha.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Itapemirim, Djalma Pereira, a farmacêutica foi condenada a oito anos de prisão, em regime semi-aberto.

Após ser ouvida, a servidora foi encaminhada para o Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirim.

 

Fonte: Polícia Civil ES