brainfarmaFoi inaugurado em 22 de Fevereiro em Goiás o maior complexo industrial farmacêutico da América Latina: o complexo Brainfarma, subsidiária industrial que concentra as atividades de fabricação de medicamentos do Grupo Hypermarcas. A unidade instalada no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia) e ampliada de 35 para 100 mil metros quadrados de áreas construídas vai gerar 2,5 mil empregos diretos e 9 mil indiretos. Para a instalação foram investidos R$ 250 milhões.

Com a ampliação da Brainfarma a capacidade produtiva da fábrica foi expandida em três vezes. A planta industrial produz mais de 6 bilhões de comprimidos ao ano, produção que pode ser aumentada para 10 bilhões. São produzidos medicamentos isentos de prescrição (como Atroveran, Benegrip e Biotônico Fontoura), produtos de prescrição médica, genéricos da marca Neo Química Genéricos e medicamentos similares. No interior do Complexo há ainda o Centro de Distribuição do Grupo Hypermarcas.

O CEO do Grupo Hypermarcas, Cláudio Bergamo, destacou que esse investimento é histórico. Segundo ele, nunca na indústria farmacêutica nacional foi feita uma consolidação de tantas fábricas num local único e na velocidade em que ocorreu:11 meses. Entre as fábricas/indústrias trazidas para Anápolis estão àquelas em que a base era a antiga Neoquímica, do antigo Monange, antiga Farmasa e do antigo Luper. "Nenhuma empresa no Brasil tem hoje todas essas operações centralizadas em um local único. Isso te permite uma série de economias de escala, de escopo, ganhos de eficiência, que hoje são fundamentais se você quer concorrer, competir, em um mundo cada vez mais globalizado", argumentou.

 

Farmácia Popular

A empresa é uma das principais fornecedoras de medicamentos para as mais de 25 mil drogarias conveniadas ao programa Farmácia Popular. A indústria é líder no mercado de medicamentos isentos de prescrição e de similares no Brasil.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ressaltou que o investimento na produção nacional de medicamentos agrega conteúdo tecnológico ao País e diminui a vulnerabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS). A Brainfarma é uma das principais fornecedoras de medicamentos para as mais de 25 mil drogarias conveniadas ao programa Farmácia Popular. De acordo com Padilha, indústrias como a Brainfarma, 100% brasileira, contribuem para diminuir a dependência do Brasil ao mercado externo.

 

Mercado de Trabalho

brainfarma-anapolis-goiaisAlém dos empregos gerados, a empresa beneficiou Anápolis também com uma creche. Em uma área de três mil metros quadrados foi construído o prédio, que será cedido à prefeitura do município, com capacidade diária de acolhimento de 300 crianças.

O governador Marconi Perillo destacou que nessa ampliação a principal beneficiária é a população de Anápolis, através da geração de empregos, aumento da circulação de dinheiro e conseqüente melhoria da economia. "Isso significa injetar empregos, mexer na economia para ajudar as pessoas trabalhadoras a terem suas oportunidade de emprego", pontuou.

Clique aqui e saiba como concorrer a uma vaga de emprego na Brainfarma.

 

Investimentos

O Grupo Hypermarcas está investindo também R$ 250 milhões na centralização das operações de seu setor de consumo em Senador Canedo. A previsão é que em um ano seja inaugurada no município a maior fábrica de cosméticos do Brasil. O setor é responsável por 50% do faturamento do Grupo. De acordo com Cláudio Bergamo, a escolha de Goiás para essa instalação foi devido às características industriais que o estado possui.

 

Sobre a BrainFarma

Criada em 2003, a Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica Ltda. atua no mercado brasileiro com a missão de fabricar e comercializar medicamentos de alta qualidade a preços acessíveis para a população. Com foco no segmento de produtos genéricos, a empresa atua em 12 classes terapêuticas – Antibióticos, Antidepressivos, Antidiabéticos, Anti-hipertensivos, Antilipêmicos, Anti-histamínicos, Antimicóticos, Antiinfecciosos, Analgésicos, Antiinflamatórios, Miorrelaxantes e Glicocorticóides.

 

Fonte: Texto com informações do Blog Saúde (ministério da saúde) e Casa Civil de Goiás.
Foto: Prefeitura de Anápolis