eshop eppendorf

 

Devido à pandemia, o mercado de vendas pela internet teve um aumento significativo nos últimos seis meses. Um levantamento da empresa de inteligência de mercado Neotrust/Compre&Confie mostrou que o faturamento das vendas online no segundo trimestre de 2020 foi de 33 bilhões de reais, alta de 104% em relação ao mesmo período de 2019, quando o faturamento ficou em 16 bilhões de reais. Pensando em garantir a segurança de seus clientes e parceiros, a Eppendorf, empresa alemã de biotecnologia com foco em Life Science, está lançando um novo canal de e-shop.

"O objetivo do novo e-shop é garantir a segurança de nossos parceiros, sobretudo pesquisadores científicos, que precisam dar continuidade a suas pesquisas, mesmo durante o período de isolamento social. Além disso, com as visitas suspensas, o e-shop vem também como uma forma de estreitar relacionamento com nossos clientes", aponta Adriana Machado, Gerente de Marketing da Eppendorf no Brasil.

Com a pandemia do novo coronavírus, a Eppendorf teve que aumentar sua produção de plásticos para atender fluxos de trabalho com vírus mundialmente e, no Brasil, aumentou a venda destes consumíveis em mais de 200%. Esses plásticos são usados em laboratórios que trabalham com Sars-CoV-2, seja na detecção do vírus em exames de pacientes, seja na produção/estudos de vacina ou pesquisa com análises genéticas do vírus.

O novo canal on line é focado nos principais produtos da empresa: ponteiras, tubos, placas, dispensadores e as famosas pipetas. Basta acessar http://online-shop.eppendorf.com.br/BR-pt/

 

Sobre a Eppendorf

Fundada em 1945, em Hamburgo, a Eppendorf possui fábricas nos Estados Unidos e Europa. Conta ainda com mais de 26 subsidiárias em diferentes países. Seu escritório no Brasil opera há 20 anos, atendendo aos mercados brasileiro e latino-americano. A empresa também é pioneira no desenvolvimento e comercialização de instrumentos, desde a década de 1960, com o lançamento da primeira centrífuga com sistema de medição em microlitros no mercado, incluindo microecentrífugas, microtubos, entre outros produtos, revolucionando a investigação em biociência em todo o mundo.