tencent

A área da saúde surge como uma das prioridades em relação à transformação digital

 

A gigante chinesa da Internet Tencent, planeja investir cerca de US$ 500 milhões no setor farmacêutico. Um dos alvos do investimento é a Hillhouse Capital Group, com o acordo os negócios devem atingir um valor de mercado de US$ 2,5 bilhões.

O potencial investimento é um sinal de como a Tencent, que opera o aplicativo WeChat, está entrando na área da saúde à medida que vai além de seus principais negócios online. A Tencent já apoiou várias HealthTechs, nos últimos anos, desenvolveu um programa de inteligência artificial que auxilia os médicos na leitura de exames médicos e no diagnóstico de doenças. Também investiu no aplicativo de assistência médica WeDoctor e investiu no DXY,  uma plataforma de informações médicas.

 Segundo Martin Lau, presidente da empresa, “A missão da Tencent é tornar-se um assistente digital para todas as indústrias”. Neste sentido, a área da saúde surge como uma das prioridades em relação à transformação digital e incorporação nas plataformas virtuais da Tencent.

Analistas e investidores esperam a expansão do setor de saúde nna China, devido ao rápido envelhecimento da população. Espera-se que as despesas com saúde mais que dobrem em sete anos, de 3,2 trilhões de yuans em 2013 para 6,7 ​​trilhões de yuans até 2020, segundo estimativa da Deloitte.

 

Por Fábio Reis - Redação Pfarma