exame teste diagnostico coronavirus

FARMÁCIAS DETECTAM MAIS DE 53 MIL CASOS POSITIVOS PARA COVID-19

 

 

O mais novo levantamento da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) aponta que as farmácias do país realizaram mais de 370 mil testes rápidos da Covid-19 em quase três meses, nas 26 redes associadas. O estudo completo pode ser acessado neste link.

Do total de 371.260 pacientes testados, 53.465 (14,40%) tiveram resultado positivo e 317.795 (85,60%), negativo. Os dados correspondem ao período de 6 de maio a 26 de julho.

Somente no período de 20 a 26 de julho, 61.354 pessoas submeteram-se ao procedimento. Dessas, 9.011 testaram positivo e 52.343 negativo. O número de testes realizados na sétima semana é 5,92% maior que o da semana anterior e 10,65% em relação à semana retrasada.

De acordo com a pesquisa, 1.676 farmácias estão ofertando o serviço, das quais 755 estão em São Paulo e 206 em Minas Gerais. Na sequência, aparecem Rio Grande do Sul (com 142 estabelecimentos), Paraná (109) e Rio de Janeiro (95). Em apenas uma semana, o número de farmácias realizando o serviço cresceu 65,15% no Paraná. Os cinco estados concentram 77,98% do total de locais que praticam o serviço.

Cerca de 70% desses estabelecimentos disponibilizam o serviço por meio do sistema de drive-thru. Em quase 76,5% dos casos, as demandas são atendidas de com ou sem agendamento. Outros 23,5%, somente por agendamento. Mais da metade desses estabelecimentos já estão ofertando o serviço em domicílio.

 

Dados por regiões

Em São Paulo 156.833 pessoas foram testadas no período. O Amapá tem apenas uma farmácia disponibilizando o serviço e registrou o maior número de casos positivos: 33,33% dos 1.018 testes indicaram a contaminação pelo vírus. Na segunda posição está o Acre, com 31,88% de casos positivos de um total de 298 testes. Em seguida vem a Paraíba, que registra 31,36% dos 2.596 testes com resultados positivos.

Tocantins segue registrando o menor índice de pessoas que tiveram contato com o vírus. O número de testes realizados em três estabelecimentos aumentou 66%, passando de 2.138 para 3.117 – dos quais 93,7% apresentaram resultados negativos. Porém, o número de casos positivos subiu 56% (de 125 para 195) em relação à semana anterior. Mato Grosso do Sul apresentou o maior aumento de resultados positivos: 79% no período, passando de 182 para 327. Ao todo, 4.117 pessoas foram testadas no estado.