teste vacina coronavirus

Anvisa recebeu informações e realizou encontros relacionados a três vacinas contra covid-19 que podem ser desenvolvidas no Brasil.

 

 

O Centro de Tecnologia em Vacinas da Universidade Federal de Minas Gerias, em parceria com a Funed - Fundação Ezequiel Dias, está desenvolvendo uma vacina. Os estudos estão em fase pré clinica, quando são feitos testes em animais. Já foram feitas reuniões preliminares entre os que desenvolvem o imunizante e a Anvisa. A Agência aguarda novos contatos.

Já a vacina Versamune®️-CoV-2FC é um estudo feito com a parceria das empresas PDS Biotechnology, dos Estados Unidos, Farmacore Biotecnologia Ltda e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da Universidade de São Paulo (USP). Em 15 de fevereiro, a empresa encaminhou documentos para análise preliminar da Anvisa. A Agência está analisando os documentos e vai fornecer aos desenvolvedores do imunizante as informações para instruir um futuro pedido formal de realização de estudos clínico fase 1 e 2 no Brasil.

A terceira iniciativa é desenvolvida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com o nome de UFRJ-Vac. A Anvisa realizou reuniões para discutir as estratégias para execução dos estudos não-clínicos. Foram realizadas duas reuniões, em agosto e setembro de 2020. A Agência aguarda novos contatos dos desenvolvedores.

As três vacinas são de proteína recombinante, uma proteína de laboratório que irá produzir anticorpos.

Tão logo a Anvisa receba o pedido formal de autorização de estudos para essas três vacinas, como tem feito em processos semelhantes, atuará com máxima atenção e celeridade. Esse é o nosso compromisso.

 

Fonte: Anvisa