marcelo queiroga ministro saude

O médico Marcelo Queiroga, Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia é confirmado como novo médico da saúde

 

 

Em conversa com apoiadores na noite desta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o cardiologista Marcelo Queiroga aceitou o convite e será o novo ministro da Saúde. "A conversa foi excelente, já o conhecia há alguns anos. Não é uma pessoa que tomei conhecimento há poucos dias. E tem tudo no meu entender para fazer um bom trabalho, dando prosseguimento em tudo que o Pazuello fez até hoje", disse o presidente ao anunciar a mudança em um canal do YouTube.

Ele aceita o cargo após o convite e recusa da professora Ludhmila Hajja para assumir o cargo de Ministra da Saúde. Ela relatou "motivos técnicos" e atémesmo ameaças de morte durante entrevista à CNN.

O médico Marcelo Queiroga será o quarto ministro da saúde do governo bolsonaro,sucedendo Eduardo Pazuello que pediu demissão do cargo do Ministério da Saúde.

Queiroga assim como o ex-ministro Nelson Teich, que ficou menos de 30 dias no cargo e que havia sucedido Mandetta, participou da equipe de transição do governo Bolsonaro. Ele chegou a ser indicado por Bolsonaro para assumir um cargo na direção da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Queiroga durante a pandemia defendeu medidas restritivas e a vacinação em massa como solução para pandemia contra a covid-19.

 

Apoio ao Presidente Bolsonaro

Marcelo queiro é próximo da família Bolsonaro, principalmente do senador Flávio Bolsonaro. A reportagem da CNN contou que no histórico de publicações no Twitter do médico há duas menções deapoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Em uma delas Queiroga publicou uma foto de Bolsonaro conversando, no Congresso, com o então deputado Enéas Carneiro, que o médico definiu como "registro histórico do encontro de dois grandes brasileiros".

A outra foi em reposta da publicação do senador Flávio Bolsonaro que publicou um boletim médico do presidente após uma retirada de cálculo de bexiga. Na época ele disse "Com a graça de Deus nosso presidente Jair Bolsonaro vai superar mais essa adversidade".

 

Sobre o Dr. Marcelo Queiroga

O médico Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Ele é formado pela Universidade Federal da Paraíba, há 31 anos, fez Residência Médica no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro e treinamento em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista na Beneficência Portuguesa de São Paulo. Atualmente é responsável pelo Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa/PB. Sempre teve uma atuação bastante intensa na Associação Médica Brasileira – AMB, na própria SBC, na Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista – SBHCI, ocupando diversos cargos com destaque para o de presidente da Regional da Paraíba da SBC (1998/1999) e o de presidente da SBHCI (2012/2013).

 

Por Fábio Reis 

* A reprodução é permitida desde que citada a fonte com link para https://pfarma.com.br