dispensacao medicamento farmaceutico

 

Diante do aumento da procura de medicamentos com o príncipio ativo cloroquina ou hidroxicloroquina, devidos aos recentes estudos sobre o uso desses fármacos no tratamento do novo coronavírus COVID-19, o CRF-SP publicou uma nota de orientação.

 

Cloroquina e Covid-19: Farmacêutico não deve dispensar o medicamento para prevenção

São Paulo, 19 de março de 2020

 

Em função de publicações científicas recentes e aumento do assunto nas redes sociais que abordam a eficácia do medicamento cloroquina para tratamento do novo coronavírus – COVID- 19, o CRF-SP esclarece:

Um estudo sobre o assunto foi publicado por cientistas chineses em 18 de março na revista científica Nature. Ele aponta que o medicamento, em conjunto com remdesivir, inibiu a infecção do novo coronavírus em simulação in vitro. Clique aqui.

Também no dia 18, um estudo realizado pelo Instituto Mediterrâneo de Infecção de Marselha, na França, e publicado no periódico científico International Journal of Antimicrobial Agents, também apontou eficácia da cloraquina para o combate da Covid-19. Clique aqui.

Diante de sua responsabilidade social e preocupado com a pandemia mundial, o Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo, considerando que se trata de informações preliminares, recomenda ao farmacêutico:

- A cloroquina e seus derivados não devem ser dispensados em farmácia para a prevenção do COVID-19

- A dispensação deste medicamento deve ser feita somente mediante a prescrição médica

- O Ministério da Saúde precisa aprovar o protocolo de uso de cloroquina para paciente com o COVID 19

- Os médicos precisam avaliar o risco da utilização destes medicamentos nos pacientes com o sintoma respiratório superior e inferior causados pelo SARS-CoV-2

Departamento de Comunicação CRF-SP

 

Ontem a Anvisa também publicou uma nota com esclarecimentos sobre hidroxicloroquina e cloroquina. Um dos fabricantes do medicamento no Brasil a Apsen farmacêutica que é detentora do Reuquinol também publicou uma nota.

 

Leia também:

Alta do dólar e coronavírus podem fazer medicamento ficar mais caro no Brasil

Índia limita exportação de medicamentos por causa do Coronavírus

Como se prevenir do coronavírus