centro colaborador servicos farmaceuticos

 

O prédio que até 2017 alojou a Farmácia Popular da UFRGS, na Ramiro Barcelos, 2.500 (Campus Saúde), abriga agora o Centro Colaborador de Serviços Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia (CECOL-FAR). Além de servir como farmácia-escola para a formação dos alunos de graduação e de pós-graduação, o Centro será um espaço de assistência a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) encaminhados pelos serviços de saúde do município para receber orientação farmacêutica. Instituído a partir de parceria da UFRGS com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, o CECOL-FAR tem um modelo inédito no país, atuando na assistência qualificada a pacientes com doenças crônicas que necessitam de orientação farmacêutica para usar corretamente a medicação prescrita. Durante a fase piloto, o Centro receberá pacientes asmáticos encaminhados pelo Centro de Saúde Murialdo que não aderiram ao tratamento adequadamente. O serviço será prestado, posteriormente, também a pacientes com outras enfermidades, buscando evitar o agravamento do quadro de saúde e o aumento dos custos para o SUS.

Conforme o coordenador do CECOL-FAR, professor Diogo Pilger, a proposta do Centro está alicerçada no tripé ensino, pesquisa e extensão, que caracteriza a universidade pública brasileira, permitindo a prática dos alunos e a realização de pesquisa e oferecendo atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). O coordenador salientou que, após o fim do programa Farmácia Popular do Governo Federal, surgiu o desafio de se pensar em uma solução inovadora para atender aos requisitos de formação e ter uma farmácia-escola. “O momento exige se reinventar, fazer reflexões, e o CECOL-FAR é resultado deste esforço”, disse.

O diretor da Faculdade de Farmácia, José Ângelo Silveira Zuanazzi, citou a professora emérita Elfrides Schapoval para ilustrar como enfrentar os desafios quando os obstáculos parecem intransponíveis: “insista, persista e não desista”. Zuanazzi relembrou todos os esforços que foram feitos para que a Universidade contasse com uma farmácia-escola e o impacto causado com o fim do projeto Farmácia Popular, saudando o empreendimento inaugurado nesta sexta-feira, 11. A rápida cerimônia de inauguração contou com a presença do reitor Rui Vicente Oppermann, que saudou a parceria com o Sistema Único de Saúde: “o SUS é prioridade na UFRGS, e nós sempre vamos defender o que é patrimônio da sociedade brasileira, como a universidade pública e o SUS”. Oppermann disse ainda que o fazer universitário deve sempre abrigar o tripé ensino, pesquisa e extensão, pois desta forma o aluno recebe uma formação ainda mais qualificada para enfrentar os desafios atuais e a Universidade se insere na comunidade e efetivamente dá sua contribuição à sociedade. “O CECOL-FAR é mais um tijolo na construção da cidadania no Brasil”, completou o reitor.

Representando a Coordenação de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde de Porto Alegre, Ana Lúcia Ely fez uma defesa da importância do serviço de assistência farmacêutica nas políticas públicas de saúde. Ely disse que o CECOL-FAR terá um impacto muito positivo, pois a necessidade da atuação do farmacêutico clínico se torna cada vez mais evidente. “Temos uma expectativa muito grande e tenho certeza de que a UFRGS vai superá-la”, afirmou.

 

Fonte: UFRGS