sacola educativa farmaceutica

 

Uma iniciativa da assistência farmacêutica (AF) da cidade de Piraquara, município da região metropolitana da grande Curitiba, no Paraná, está proporcionando mais comodidade e segurança no transporte dos medicamentos que são entregues à população local. São sacolas educativas que ajudam na orientação sobre o armazenamento e sobre o uso racional dos medicamentos.

A proposta foi elaborada pelas farmacêuticas Silvia Schubalski da Silva, que coordena a AF de Piraquara, e Juliana Okagima, que coordena a Farmácia Central; e pelo coordenador da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), Raphael Vigo.

A equipe da AF elaborou, em parceria com a Secretaria de Comunicação, e com o apoio da gestão, dois modelos de sacolas. Uma de plástico, confeccionada em dois tamanhos, e outra de Kraft, material 100% reciclável.

Silvia conta que a ideia das sacolas já existia há algum tempo, já que eles percebiam que muitos pacientes saiam da farmácia com uma quantidade grande de medicamentos e sem nenhuma bolsa ou sacola para carregá-los. “Recentemente, com a inauguração da nova sede da Farmácia Central de Piraquara, que conta com uma estrutura física adequada, ambiente climatizado e sistema informatizado, decidimos que era o momento de iniciar o projeto de dispensação dos medicamentos em sacola educativa”.

De acordo com a farmacêutica, o início de incentivo financeiro do Governo Estadual aos municípios para aplicação na assistência farmacêutica auxiliou a equipe a iniciar esse projeto. “Já iniciamos a dispensação dos medicamentos com as sacolas educativas, tanto na Farmácia Central como nos dispensários das unidades básicas de saúde. Nosso próximo passo é avaliar a satisfação dos usuários e os benefícios advindos da implantação das sacolas”, adianta Silvia.

 

 

Texto por Murilo Caldas - Comunicação CFF
Fonte: Conselho Federal de Farmácia