prati donaduzzi producao medicamento

 

A Prati-Donaduzzi, com sede em Toledo, no Oeste do Paraná, permanece com a estratégia de internacionalização. Há anos, a empresa planeja a ampliação de mercado e prospectava para 2020 um grande salto. A mudança de cenário econômico e sanitário mundial não impediu que os trabalhos continuassem. A indústria farmacêutica se adapta ao momento, mas mantém objetivos de avançar as fronteiras.

O plano de uma unidade em solo Americano foi pausado diante à pandemia. Um escritório de negócios internacionais será montado, por enquanto, no Brasil, porém com o mesmo objetivo de prospectar produtos na área do Sistema Nervoso Central (SNC) e estabelecer parcerias, buscar oportunidades e captar inovações.

À frente do escritório, o diretor adjunto, Victor Donaduzzi, conduzirá as atividades remotamente. O novo desafio está alinhado à experiência com tecnologia de ponta e inovações que o diretor possui pelos mais de cinco anos conduzindo a Centralpack, empresa de embalagens do grupo Prati-Donaduzzi.

“É uma grande satisfação executar esse trabalho e fazer parte deste novo momento da empresa. A Prati-Donaduzzi tem um histórico de crescimento assertivo e precisa continuar evoluindo, por isso constantemente buscamos ‘novas fórmulas’. Ampliação de atuação e prospecção de inovações e tecnologia são exemplos”, revela Victor.

 

Sistema Nervoso Central

Atualmente a Prati-Donaduzzi tem certificação da National Sanitation Foundation (NSF) e exporta uma ampla linha de alimentos funcionais para o mercado americano. Mas, as prospecções internacionais passam a ganhar ainda mais força para a empresa porque recentemente a indústria recebeu a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a produção do primeiro Canabidiol nacional.

Além deste produto, a empresa colocará no mercado mais de 20 medicamentos de marca, a maioria voltada ao Sistema Nervoso Central (SNC) e indicada para tratar doenças como Parkinson, Alzheimer, epilepsia, ansiedade, depressão, dor neuropática, esquizofrenia, autismo, bipolaridade, síndrome das pernas inquietas e Transtorno Obsessivo Compulsivo.

Uma das atividades iniciais do escritório de negócios internacionais da Prati-Donaduzzi é buscar produtos e tecnologias que possam ampliar este portfólio. “Todas as ações fazem parte de um planejamento estratégico bem traçado e do compromisso social que temos, que é cuidar da saúde das pessoas. Vamos em busca de uma atuação no mercado farmacêutico internacional e de algumas referências em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. Somos grandes e seremos ainda maiores”, enfatiza o diretor.

 

Fonte: Prati-Donaduzzi