mascara coronavirus

3M conhecida pelas máscaras de proteção respiratória anunciou que vai fechar fábrica em São José do Rio Preto no interior de São Paulo.

 

 

A multinacional estadunidense 3M anunciou que vai fechar sua fábrica em São José do Rio Preto no interior de São Paulo. O fechamento da unidade vai resultar na demissão de 120 funcionários. A empresa comunicou que os funcionários demitidos além da indenização vão receber treinamento para auxiliar na recolocação.

Em nota a empresa disse “A 3M avalia constantemente seus negócios para garantir que está alocando recursos para as melhores oportunidades possíveis, visando agregar valor aos seus clientes, impulsionar a eficiência operacional e aumentar sua competitividade”

A empresa viu a demanda por seus produtos aumentarem durante a pandemia, ela é uma das maiores fabricantes de máscaras desde máscaras cirúrgicas simples, as máscaras cirurgicas tripla camada, até mesmo máscara do tipo pff1 e as máscaras de proteção Respiratória do tipo pff2 sendo as mais conhecidas as azuis da séria 9920, a mais querida pelos profissionais da saúde conhecida como Aura 9320, as brancas 9920H e entre outras.

A 3M iniciou suas operações no Brasil em 1946, na cidade de Campinas, São Paulo. Atualmente, sua administração e também seu maior parque fabril se localizam na cidade de Sumaré, São Paulo. A empresa tem cerca de 4 mil funcionários no Brasil. Outras fábricas estão situadas nas cidades de Ribeirão Preto, Itapetininga, Mairinque, São José do Rio Preto (Abzil), Manaus e Bom Princípio (Incavas).

3M Company (antiga Minnesota Mining and Manufacturing Company) é um grupo econômico multinacional americano de tecnologia diversificada com mais de 55.000 produtos, incluindo adesivos, abrasivos, fitas adesivas, equipamentos de proteção, blocos Post-it, esponjas Scotch-Brite, produtos médicos e dentários, produtos automotivos, entre outros.

 

Por Fábio Reis 

* A reprodução é permitida desde que citada a fonte com link para https://pfarma.com.br