cancer pulmao

- Tabrecta (dicloridrato de capmatinibe monoidratado) é a primeira terapia alvo aprovada pela Anvisa para câncer de pulmão metastático de células não pequenas com a mutação MET.
- Pesquisa demonstra uma resposta de 68% e 41% ao uso de Tabrecta como primeira e segunda linha de tratamento, respectivamente.

 

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou Tabrecta®1 (dicloridrato de capmatinibe monoidratado), da farmacêutica Novartis, para o tratamento de adultos com câncer de pulmão metastático de células não pequenas que apresentam uma mutação no gene MET. A medicação é indicada para primeira ou segunda linha de tratamento, independente da terapia anterior, e atende a necessidade de pacientes que frequentemente carecem de inovações para esse tipo de câncer.

"O câncer de pulmão de não pequenas células é uma doença complexa, com muitas mutações possíveis, o que pode dificultar o diagnóstico e o tratamento desta doença", relata Dr. André Abrahão, Diretor Médico da Novartis Oncologia. “Com a aprovação da Anvisa, podemos cuidar desta forma desafiadora de câncer com uma terapia direcionada, oferecendo esperança para pacientes que apresentam esse diagnóstico”, completa.

O medicamento, aprovado anteriormente pela Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora do departamento de saúde dos Estados Unidos, foi reconhecido pelo órgão como uma terapia inovadora, uma vez que tem como alvo uma doença grave ou com risco de vida e demonstra uma melhoria substancial em relação às terapias existentes2.

A aprovação do Tabrecta® é baseada nos resultados do estudo central GEOMETRY mono-1 Fase II em pacientes com mutação MET. A pesquisa global obteve resposta de 68% entre pacientes sem tratamento e 41% entre os previamente tratados, respectivamente, com base na avaliação de um comitê de revisão independente3. O estudo também demonstrou uma duração mediana de resposta de 12,6 meses em pacientes sem tratamento e 9,7 meses em pacientes previamente tratados3. Com relação ao perfil de segurança, foi observada uma incidência de menos de 20%3, sendo os sintomas mais prevalentes náuseas, fadiga, vômitos, dispneia e diminuição do apetite.

“É como se cada mutação do câncer de pulmão correspondesse a uma doença diferente. Então, desenvolver uma medicina de precisão é cada vez mais necessário para identificar o tratamento adequado de acordo com o perfil de cada paciente”, comenta o diretor médico. “A Novartis tem como propósito oferecer mais opções inovadoras no tratamento do câncer e Tabrecta é uma importante terapia dentro do arsenal terapêutico de câncer de pulmão. Atualmente, já contamos com a combinação de Tafinlar + Mekinist para câncer de pulmão de não pequenas células com mutação BRAF, e caminhamos para ter um portfólio que atenda a cada vez mais mutações”, completa.

No Brasil, o câncer de pulmão é um dos mais incidentes4 e só em 2020 foram diagnosticados mais de 30 mil casos5. A cada dois milhões de diagnósticos anuais, 85%6 são de câncer de pulmão de não pequenas células em todo o mundo e cerca de 70%7 dos pacientes têm uma mutação no gene MET, que ocorre em aproximadamente 3% a 4% dos casos de câncer de pulmão de não pequenas células metastático recém-diagnosticados8,9,10.

 

REFERÊNCIAS

Diário Oficial da União (DOU) - Resolução-RE 2.215 de 02/06/2021, publicada no dia 07/06/2021
Novartis. Novartis announces FDA approval of MET inhibitor Tabrecta for metastatic non small lung cancer with METex14. Link de acesso: https://www.novartis.com/news/media-releases/novartis-announces-fda-approval-met-inhibitor-tabrecta-metastatic-non-small-cell-lung-cancer-metex14
Tabrecta™ (capmatinib) Prescribing Information. East Hanover, New Jersey, USA: Novartis Pharmaceuticals Corporation; May 2020.
Instituto Nacional do Câncer. Tipos de câncer – Câncer de pulmão. Link de acesso: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-pulmao#:~:text=C%C3%A2ncer%20de%20pulm%C3%A3o,-vers%C3%A3o%20para%20Profissionais&text=O%20c%C3%A2ncer%20de%20pulm%C3%A3o%20%C3%A9,de%20c%C3%A2ncer%20s%C3%A3o%20de%20pulm%C3%A3o.
Instituto Nacional do Câncer. Números do Câncer. Link de acesso: https://www.inca.gov.br/numeros-de-cancer.
World Health Organization. Cancer Fact Sheet, 2018. Link de acesso: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/cancer
Hirsch FR, Suda K, Wiens J, et al. New and emerging targeted treatments in advanced non-small-cell lung cancer. Lancet. 2016;388:1012-1024.
Sadiq AA, Salgia R. MET as a possible target for non-small-cell lung cancer. Journal of Clinical Oncology. 2013;31:1089-1096.
Salgia R. MET in Lung Cancer: Biomarker Selection Based on Scientific Rationale. Molecular Cancer Therapeutics. 2017;16(4):555-565.
Data on file. Novartis Calculation. Kantar Health. CancerMPact: lung (non-small cell) stage IV incidence and newly recurrent. Updated December 15, 2018. my.khapps.com.