Unifesp

Os principais resultados do estudo serão objeto de futura pesquisa translacional em pacientes com doença de Parkinson

 

O Projeto Temático “Modulação da autofagia por canabinoides: neuroproteção na doença de Parkinson” oferece uma vaga de pós-doutorado com Bolsa FAPESP. O prazo de inscrição termina no dia 2 de junho de 2020.

As atividades do projeto são realizadas no Laboratório de Sinalização e Morte Celular, do Instituto de Farmacologia e Biologia Celular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O projeto investiga o papel dos canabinoides como potenciais moduladores da autofagia, em modelos in vitro e in vivo de doença de Parkinson. Além disso, serão verificadas a indução e modulação das vias de sinalização autofágica e sua capacidade de promover a neuroproteção. Os principais resultados serão objeto de futura pesquisa translacional em pacientes.

O candidato deve ter doutorado na área de farmacologia ou áreas afins, com título obtido há menos de quatro anos. Deve também ter amplo conhecimento e experiência prática em técnicas de microscopia de fluorescência, biologia molecular, análises de expressão gênica e proteica. O conhecimento do candidato deve ser comprovado por publicações anteriores em revistas especializadas.

Os candidatos devem enviar súmula curricular no modelo FAPESP ou link para o currículo Lattes e duas cartas de recomendação para os e-mails ssmaili@unifesp.br, da coordenadora do projeto, a professora Soraya Soubhi Smaili, e gustavo.pereira@unifesp.br.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3648 

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

 

Por Agência FAPESP